DALTON DI FRANCO

DALTON DI FRANCO
Jornalista, escritor, radialista, administrador de empresas, pós-graduado, professor universitário e bacharel em Direito

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Plantão de Polícia com Dalton Di Franco celebra 3 mil edições do programa


Legenda-foto: Dalton Di Franco com seus colegas de trabalho – Dani, produtora; Romulo, editor e Michael Schumacher, repórter O jornalista Dalton Di Franco alcança neste mês mais uma marca histórica em sua vida profissional: com seu programa, o Plantão de Polícia, ele chega aos 12 anos, sendo o mais longevo da televisão em Rondônia e celebra a produção e apresentação de 3 mil edições inéditas, sempre mantendo o bom humor e a responsabilidade de quem sabe fazer jornalismo, mostrando a verdade dos fatos sem retoques. Além de divulgar as notícias do mundo policial, o programa sempre foi um ponto de apoio para os moradores de Porto Velho. Como recentemente, no caso do agricultor Polaquinho, da linha 47, no Rio das Garças, cuja casa pegou fogo. Usando imagens feitas com um celular, Dalton mostrou o sinistro e pediu a participação popular. Pessoas humildes, doaram roupas; outras mais abastadas como comerciantes doaram telhas; uma juíza, que pediu para não ser identificadas, comprou uma grande quantidade de roupas numa loja – todos ajudaram a família a ressurgir das cinzas. O programa ao longo desses 12 anos também foi uma oportunidade para muitos profissionais que ingressaram como repórter e, pelas mãos de Dalton, alcançaram notoriedade, tornando-se até opositores dele. Muitos, souberam alcançaram sucesso em suas empreitadas e estão hoje buscando uma cadeira na Câmara Municipal de Porto Velho. São candidatos nestas eleições. Outros nem tanto. Mas para alguém alcançar a estatura profissional de Dalton Di Franco terá que fazer a caminhada que ele empreendeu desde cedo. Ele começou a trabalhar aos 12 anos. Foi engraxate, lavador de carro, vendedor de banana e saco no mercado. Filho de família pobre – o pai torneiro mecânico e a mãe, uma ribeirinha falecida recentemente. Teve que interromper os estudos com a morte de seu pau para ajudar a mãe a criar os irmãos menores. Graças ao trabalho com O Crime não Compensa, pelo rádio, ganhou notoriedade, sendo eleito vereador em Porto Velho no ano de 1988. Depois, em 1990, foi eleito deputado estadual. Fez o EJA (Educação de Jovens e Adultos) em 1995 para concluir o ensino fundamental. Ingressou na faculdade, graduando-se em administração em 2005, fez pós em seguida. Dez anos depois, conseguiu alcançar o bacharelado em Direito, sendo imediatamente aprovado no exame de ordem, tornando-se advogado. Ainda no ano de 2012, Dalton conseguiu ser eleito vice-prefeito de Porto Velho. Para ele “a política não deve ser uma profissão, mas uma oportunidade de contribuir com a população”. Ele decidiu ficar fora do pleito deste ano para dedicar-se à carreira de advogado. “Acho que posso fazer mais em outra área como a advocacia. Eu sempre fui protagonista. Não tenho a índole de servir de figuração”. Além de advogar, Dalton ainda tem sonhos de melhorar o programa Plantão de Polícia e falar aquilo que o povo cobra. Na grade da Redetv!, o programa ainda é o líder de audiência, mas está combalido pela falta de tempo do velho apresentador pensar e se dedicar. “Mesmo assim, não ficou fora do ar um dia sequer”. Para Dalton que atuará nas causas trabalhistas e criminais na Capital, os desafios ainda são enormes. Ele vai utilizar a experiência desses anos de comunicação e os conhecimentos jurídicos para tornar o Plantão de Polícia no único programa policial do Estado que tem um apresentador que é jornalista, administrador de empresa, professor e advogado, com mais de 40 anos de atuação, “bênçãos alcançadas em Deus com muito trabalho e fé”. Apesar dos feitos alcançados, Dalton reconhece que sozinho ele jamais alcançaria essas vitórias todas. “Eu sou apenas o apresentador que pensa e dirige uma grande equipe de profissionais, contando com o beneplácito da direção da Redetv que me dá essa oportunidade. Com a audiência de meus milhares de telespectadores, trazemos para a emissora do SGC a maior quantidade de anunciantes. Aqui está a parceria perfeita, com Deus nos dando saúde e vontade de trabalhar diariamente”, encerra. Dentro da nova visão, Dalton criou o quadro Seu Direito na TV, com as advogadas Ana Paula Soares e Nádia Bernardo, prestando esclarecimentos sobre temas dominantes no momento. O telespectador pode pedir orientações e esclarecer dúvidas mantendo contato através do correio eletrônico seudireitonatv@gmail.com. Whatsapp: 69.9.9950.2015

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Plantão de Polícia com Dalton Di Franco: 11 anos de liderança na televisão em Rondônia


O programa que começou como um quadro de 5 minutos, dentro do Fala Rondônia, ganhou vida própria e tornou-se um líder de audiência. Foi assim que o Plantão de Polícia com Dalton Di Franco conquistou seu espaço, comemorando na segunda-feira 16, 11 anos de liderança absoluta no horário. A data foi lembrada pela direção da emissora como uma conquista da programação local da Redetv! Alessandro Lubiana, diretor da emissora, destacou que o Plantão de Polícia tornou-se uma vitrine. “Todos querem anunciar no horário”. Além de ser líder de audiência, o Plantão de Polícia é dono de dois recordes: longevidade e possuir o apresentador mais popular. Dalton Di Franco é dono de carisma e credibilidade, conforme pesquisa feita pela emissora para medir a opinião pública. O trabalho de marketing posiciona a emissora como uma das preferidas junto ao público que assiste televisão na Capital. Para Dalton Di Franco, criador e apresentador do programa, o Plantão de Polícia é feito com dedicação e garra por profissionais que cobrem as 24 horas do dia, buscando os fatos que acontecem na área da segurança pública. “Nós temos repórteres espalhados pelo Estados que estão atentos aos acontecimentos”. Na opinião de Dalton o programa é feito com tanto profissionalismo que os telespectadores nem percebem que o Plantão é uma verdadeira colcha de retalhos. “As vezes estamos ao vivo, em outras ocasiões gravado”, mas esse detalhe não interessa muito, porque nos desdobramos para fazermos o melhor”, afirma por conta de suas múltiplas funções – ele também é vice-prefeito de Porto Velho e cumpre sua agenda normalmente, colaborando com a Redetv! para manter o Plantão de Polícia sempre em primeiro lugar na preferência do povo. O programa também mantém em seus quadros anunciantes como Gazin, Uniron e outros que são parceiros desde as primeiras edições. O programa foi ao ar pela primeira vez em 16 de maio de 2005, e desde então tornou-se o mais procurado para veicular a propaganda de grandes empresas. http://newsrondonia.com.br/noticias/plantao+de+policia+11+anos+de+lideranca+na+televisao/74831 http://redetvro.com.br/plantao-de-policia-11-anos-de-lideranca-na-televisao/

quarta-feira, 2 de março de 2016

Senador Acir destina emenda para aquisição de veículo para atender o Centro de Reabilitação, anuncia vice-prefeito Dalton Di Franco

A Prefeitura poderá adquirir um micro-ônibus adaptado ou uma van para deficientes físicos para atender o Centro Especial de Reabilitação (CER), de Porto Velho, conforme emenda de autoria do senador Acir Gurgacz (PDT-RO), no valor de R$ 300 mil, informou o vice-prefeito Dalton Di Franco. Segundo Dalton, a assessoria do senador Acir já procedeu a localização e disponibilização do recurso para atender a emenda parlamentar. “Com essa atuação, o senador Acir reafirma seu compromisso com a população e o município de Porto Velho”, acrescentou Dalton. Nesta quinta-feira, o vice-prefeito oficiará o Secretário Municipal de Saúde, Domingos Sávio, para agilizar o processo para aplicação imediata do recurso adquirido pelo Senador Acir em Brasília para a compra d o veículo que melhor atender as necessidades especiais de inúmeras pessoas que já são beneficiadas pelo Centro Especial de Reabilitação. Em nome do prefeito Mauro Nazif, Dalton agradeceu ao Senador Acir por sempre estar alocando recursos para o Município de Porto Velho. “Sabemos que o momento é difícil, mas graças ao prestígio político do senador, Brasília sempre beneficia Porto Velho”, finalizou Dalton. Veja oficio do gabinete do Senador Acir informando a disposibilização da emenda:

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Vice-prefeito Dalton Di Franco lança campanha contra o Aedes Aegypti nas escolas de Porto Velho

O vice-prefeito Dalton Di Franco abriu oficialmente na última sexta-feira 19, a Campanha de Combate ao Mosquito Aedes Aegypti nas escolas municipais de Porto Velho, representando o prefeito Mauro Nazif. A campanha foi lançada na escola municipal Auta de Souza, contanto com a presença de alunos, professores e diretores de escolas da Zona Leste, como informou a secretaria Francisca Holanda, presente ao ato. Dalton Di Franco pediu a participação de todos os segmentos da população de Porto Velho para enfrentar o inimigo que está atacando em todos os lugares, do bairro mais periférico ao localizado no centro. Segundo Dalton, o aedes aegypti mede menos de um centímetro, tem aparência inofensiva, mas é um perigo à saúde pública. Modo de transmissão A fêmea pica a pessoa infectada, mantém o vírus na saliva e o retransmite. A transmissão ocorre pelo ciclo homem-Aedes aegypti-homem. Após a ingestão de sangue infectado pelo inseto fêmea, transcorre na fêmea um período de incubação. Após esse período, o mosquito torna-se apto a transmitir o vírus e assim permanece durante toda a vida. Não há transmissão pelo contato de um doente ou suas secreções com uma pessoa sadia, nem fontes de água ou alimento. O ciclo do Aedes aegypti é composto por quatro fases: ovo, larva, pupa e adulto. As larvas se desenvolvem em água parada, limpa ou suja. Na fase do acasalamento, em que as fêmeas precisam de sangue para garantir o desenvolvimento dos ovos, ocorre a transmissão da doença. O seu controle é difícil, por ser muito versátil na escolha dos criadouros onde deposita seus ovos, que são extremamente resistentes, podendo sobreviver vários meses até que a chegada de água propicia a incubação. Uma vez imersos, os ovos desenvolvem-se rapidamente em larvas, que dão origem às pupas, das quais surge o adulto. O único modo possível de evitar a transmissão da dengue é a eliminação do mosquito transmissor. A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença.

sábado, 13 de fevereiro de 2016

DALTON DI FRANCO É UM DOS APROVADOS NO EXAME DA OAB

O resultado preliminar da 2ª fase do XVIII Exame de Ordem Unificado da OAB, aplicado no dia 17 de janeiro, foi divulgado no fim da tarde da sexta-feira (12). Um dos aprovados de Porto Velho é Dalton Di Franco, apresentador do Programa Plantão de Polícia. Ele havia se formado em Direito no final do ano passado pela ULBRA. O prazo para recursos contra o resultado preliminar da prova é de três dias. O período começa às 12h deste sábado (13) e se encerra às 12h da próxima terça-feira (16). Para recorrer, os candidatos deverão utilizar exclusivamente o Sistema Eletrônico de Interposição de Recursos, que fica no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV). As decisões dos recursos e a divulgação do resultado final devem ser divulgadas na a data provável de 29 de fevereiro de 2016. A aprovação no Exame de Ordem é requisito necessário para a inscrição nos quadros da OAB como advogado. O Exame de Ordem pode ser prestado por bacharel em direito, ainda que pendente apenas a sua colação de grau, formado em instituição regularmente credenciada. Poderão realizá-lo os estudantes de direito do último ano do curso de graduação em direito ou dos dois últimos semestres. Administrador de empresas e jornalista, Dalton Di Franco é professor especialista em ensino superior. Ele atua na imprensa de Rondônia há mais de 40 anos. Na Redetv! (SGC) lidera a audiência com o programa Plantão de Polícia, sempre apresentado às 12h30, no canal 17, desde 16 de maio de 2005. Na grade da emissora é também o líder de faturamento.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Governo e Prefeitura definem programação da chegada Tocha Olímpica a Porto Velho

Representando o prefeito Mauro Nazif, o vice-prefeito Dalton Di Franco participou de reunião, na quarta-feira 3, com representantes do Governo Federal que vieram a Porto Velho para discutir e definir a programação da chegada da Tocha Olímpica a Porto Velho. O encontro ocorreu no gabinete do governador Confúcio Moura, com o ministro dos Esportes, George Hilton, que apresentou a equipe encarregada da coordenação do evento que acontecerá no dia 22 de junho, das 10h30min às 19 horas, encerrando com um grande show na Praça Madeira Mamoré. Dalton Di Franco declarou que o Município de Porto Velho se sente honrado com a inclusão da cidade na programação que antecede as Olímpiadas no Rio de Janeiro. Em nome do povo, ele deu boas vindas ao ministro George Hilton, lembrando que o prefeito Mauro Nazif já havia designado uma equipe para cuidar das ações que cabem à Prefeitura da Capital. “Teremos uma grande programação para celebrar esse momento”. O vice-prefeito informou que a passagem da Tocha Olímpica pela Capital é uma grande oportunidade de mostrar Porto Velho para o mundo. O ministro do Esporte, George Hilton, disse que as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, além de proporcionarem as competições esportivas em várias modalidades, faz com que o mundo conheça as belezas naturais e a diversidade cultural do Brasil. “Vamos oferecer o que há de melhor na nossa gastronomia, cultura, artes e belezas naturais. Será um momento único de celebração e Rondônia será muito beneficiada com o revezamento da tocha”, destacou. “Nos sentimos muito honrados com esse grande evento. Vamos fazer a nossa parte e dar todo apoio necessário, pois o esporte é instrumento de integração e de paz. Nosso estado é show de bola”, disse o governador Confúcio Moura após enaltecer as belezas e potencialidades econômicas de Rondônia e de Porto Velho. Depois da recepção ao ministro Hilton e seus auxiliares, representantes da Prefeitura de Porto Velho se reuniram com autoridades federais e estaduais, no Palácio Rio Madeira, para tratar da programação da passagem da Tocha Olímpica pela capital de Rondônia. Para o diretor-executivo do comitê organizador das Olimpíadas, Marco Aurélio da Costa, “a dimensão dos jogos tem que atingir todo o País e não somente o Rio de Janeiro. Temos que projetar Porto Velho para o mundo e mostrar nosso espírito de paz e união. Ao mesmo tempo, vamos demonstrar nossa capacidade de concentração de esforços e de organização”. Já o secretário de assuntos federativos da presidência da República, Olmo Xavier, frisou que no dia 22 de junho de 2016, data em que a tocha estará em Rondônia “Porto Velho será a sede dos jogos olímpicos”. Ele acrescentou que todas as cidades estão se esforçando para oferecer o seu melhor, e que aqui não deve ser diferente. Programação Conforme a coordenadora municipal de Turismo da prefeitura, Camila Canova, a capital rondoniense será uma das 330 cidades que participarão do revezamento da Tocha Olímpica. No período em que permanecer em Porto Velho, o símbolo olímpico vai percorrer 37,5 quilômetros nas mãos de 161 pessoas previamente selecionadas. A Tocha sairá da Praça das Três Caixas d’Água, no centro da cidade e vai passar pelas Avenidas Sete de Setembro e Campos Sales, depois segue para a zona Leste e Avenidas Calama e Farqhuar (dentre outras) até chegar na Praça Madeira Mamoré, onde acontecerá o show de encerramento. Além dos pontos de saída e chegada, haverá paradas com a tocha no Parque da Cidade e comunidade São Sebastião, na margem esquerda do Rio Madeira. Em cada parada que fizer, terá apresentações artísticas e culturais como quadrilhas dançantes e bois bumba, além de outras atrações. “No encerramento, teremos shows musicais, comidas típicas e exposição de artesanatos. Será um dia inteiro de atividades para mostrar nossa cidade a todo planeta”, a coordenadora de turismo. Camila acrescentou que a organização do evento está sob a responsabilidade da prefeitura e do comitê olímpico do Rio de Janeiro. Fonte: Assessoria

sábado, 23 de janeiro de 2016

Quebrando paradigmas


Por Dalton Di Franco Na vida nos acostumamos com o mesmo caminho, a mesma profissão, enfim, com as mesmas coisas. Nos tornamos mecânicos em nosso modo de viver. Na Bíblia (João, 21), Jesus nos ensina a quebrarmos paradigmas. Havia um grupo de pescadores que só atiravam a rede para o lado direito. Isso levou horas e nada de peixes. Então chega Jesus e dá uma ordem: "Lancem a rede do lado direito do barco e vocês encontrarão". Os pescadores lançaram e não conseguiam recolher a rede, tal era a quantidade de peixes”. Pedro até achou que a rede estava presa em algum lugar. Atirou-se ao mar e para sua surpresa a rede estava pesada mesmo porque a quantidade de peixes era enorme mesmo. Foi preciso a ajuda de outros pescadores para que Pedro conseguisse arrastar “a rede cheia de peixes”, por mais de noventa metros da margem, em direção à praia. Cansados de mirar apenas para o lado direito, que tal mudar para o outro lado. Outra profissão, outra atitude, outro modo de ver a vida. Permanecer no mesmo rumo pode ser frustrante. Não tenha medo de buscar o novo. Saia do comodismo. Da lamúria. O resultado pode estar diante novos desafios. Basta coragem para buscá-los. Dalton Di Franco é bacharel em Direito, Administrador de Empresas, Jornalista, Radialista e consultor de Comunicação e Marketing