DALTON DI FRANCO

DALTON DI FRANCO
Jornalista, escritor, radialista, administrador de empresas, pós-graduado, professor universitário e Advogado. Ele já foi vereador, deputado estadual e vice-prefeito de Porto Velho (RO)

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Dalton Di Franco participa de formatura em escola no bairro Nacional

O vice-prefeito Dalton Di Franco participou da festa de formatura de cerca de 50 alunos do ensino infantil da Escola Nacional, localizada na zona Norte de Porto Velho. A escola é dirigida pelo professor Valdeir Maciel Menezes. Dalton que estava acompanhado de sua esposa, professora Gracineide Rodrigues, falou à plateia presente, representando o Prefeito Mauro Nazif. Ele parabenizou os alunos, professores e pais pela conclusão da primeira fase mais importante da vida dos formandos. A professora Gracineide também parabenizou aos pais, alunos e professores pela conquista. Os alunos agora vão ingressar na fase do ensino fundamental oferecido pela Prefeitura Municipal de Porto Velho.

Dalton realiza o sonho do pequeno Wesley


O pequeno Wesley, de 7 anos, teve um ano bom: passou de ano nos estudos, fez novas amizades, foi elogiado pelos pais mas não tinha o que seus amiguinhos tem. Como já sabe escrever e desenhar sentou-se à mesa e escreveu uma cartinha para Papai Noel e ainda desenhou o presente que queria ganhar ainda neste final de 2013: um skate. Apesar de inteligente, Wesley só esqueceu que a carta estava sendo escrita a poucos dias do Natal. Ignorando a questão de tempo. Então ele pediu ao pai Wellington para entregar a carta nos Correios. O pai procurou a agência indicada mas, para sua tristeza, já havia vencido o prazo para a entrega de cartinhas de Papai Noel. Triste, ele iniciou o caminho de volta para casa. Chateado, Wellington não lembrou de outra alternativa. Depois de caminhar até o ponto de ônibus, lembrou-se de passar na Redetv!. Mudou então de rumo, mas, chegou tarde. O programa Plantão de Polícia já havia terminado. Mesmo assim, ficou na frente da emissora, aguardando a saída do apresentador, o jornalista Dalton Di Franco. Ao ver Dalton saído do prédio, Wellington bradou em alta voz pelo nome do apresentador. Dalton então parou para atender o pai desesperado. Ele recebeu a cartinha já sendo informado do que se tratava. “Só você agora pode realizar o sonho de meu filho”, disse o pai. Wellington contou ainda que havia perdido o prazo de entrega da carta nos Correios. Explicou que se tratava de um pedido de Wesley, seu filho. Dalton guardou a carta, sem prometer qualquer coisa. Apenas anotou o número do telefone daquele pai. Ambos se despediram. Dalton seguiu para a Prefeitura. Wellington para casa. Na última segunda-feira, Dalton ligou pessoalmente para Wellington e pediu que ele comparecesse pessoalmente ao programa na terça-feira 17, levando seu filho. No dia e horário marcados, pai e filhos estavam cedo na TV. As 12h30, quando o Plantão de Polícia começou, os dois foram levados da recepção para o estúdio. Como o programa é sempre ao vivo nem sempre dá para o apresentador conversar com as visitas. A produtora Daniele Passos se encarrega disso. Então ela anotou alguns dados de Wesley e seu pai. Em dado momento, depois de uma noticia, pai e filhos foram chamados por Dalton que exibiu o envelope. Explicou a Wesley que ele havia perdido prazo. Fez algumas perguntas para Wellington e sapecou a desculpa: não conseguimos também encontrar Papai Noel. Lamentamos. Você vai ficar sem presente. Wesley entristeceu. Até perdeu a voz. De repente Dalton pede para Wesley olhar para o personagem Zé Caneca. Wesley atende e depara-se com o presente pedido a Papai Noel. Ali estava seu skate. Dalton então despede-se de Wesley e de seu pai. O garoto deixa a TV sorridente, com o presente debaixo do braço já fazendo planos de brincar muito nas férias. Antes abraça Dalton e o agradece pelo presente. Fonte: Assessoria de Imprensa

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Vice-Prefeito Dalton Di Franco recepciona médicos cubanos que vão trabalhar em distritos de Porto Velho

Médicos cubanos do programa do governo federal Mais Médicos, foram recepcionados na quinta-feira (05), pelo vice-prefeito, Dalton Di Franco, pelo secretário municipal de Saúde (Semusa), Domingos Sávio, pelo diretor do departamento de Assuntos do Interior (DAI), Francisco Alves Tyer, pela diretora do departamento de Atenção Básica, Amanda Diniz Del Castillo, entre outras autoridades, em uma solenidade realizada no auditório da Fatec, para entrega do carimbo profissional nominal com o protocolo do Ministério da Saúde. Na sequência eles participaram de um tour pela cidade de Porto Velho. Participaram da atividade 7 médicos, de um total de 10, que serão encaminhados aos distritos, os demais devem chegar nos próximos dias. De acordo com o programa, foram contemplados inicialmente os distritos de Nova Mutum, Fortaleza do Abunã, Nazaré , Calama, Extrema, São Carlos e União Bandeirantes. São contratos de 40 horas, distribuídos de segunda a sexta, voltado a atenção básica, que faz parte da estratégia de saúde da família. Com uma mensagem de boas vindas, o vice-prefeito comentou que os estrangeiros chegaram em uma boa hora ao município e que este pode ser o início de uma grande mudança. "Quero saudar a estes médicos que chegaram para somar. Tenho certeza que daremos um salto no atendimento da rede básica de saúde", frisou Dalton. Do auditório, os médicos foram levados para conhecer as unidades de saúde, compreendendo toda a rede municipal, como a Maternidade Mãe Esperança, o Centro de Especialidades Médicas, entre outros centros que fazem parte. Finalizada a visita para conhecimento do sistema, os profissionais tiveram a oportunidade de conhecer os pontos turísticos da capital, por meio de um tour, promovido pela Semusa. "É importante que eles possam conhecer um pouco da nossa realidade antes de iniciar o trabalho na região. Daqui eles seguem para os seus distritos de destino, onde serão recepcionados e acolhidos pelos administradores", finalizou o secretário, Domingos Sávio. ________________________________________ Por Renata Beccária | Fotos: Frank Néry

Vice-prefeito Dalton Di Franco reúne Comitê de Enfrentamento às drogas para discutir ações para 2014

O presidente do Comitê de Enfrentamento às drogas, vice-prefeito Dalton Di Franco, se reuniu na manhã desta sexta-feira com a equipe técnica para definir as ações para 2014. “Queremos intensificar o trabalho que já realizamos já há algum tempo, municipalizando essas ações, conforme determinações do Prefeito Mauro Nazif”. Segundo Dalton Di Franco, o comitê vai focar as ações nas escolas do município de Porto Velho. “Queremos também trabalhar com os pais”, acrescentou o vice-prefeito, explicando que o apoio da família é imprescindível para evitar que as crianças e os adolescentes sejam aliciados pelos traficantes. O vice-prefeito explicou que o ano de 2013 é atípico pelo fato da atual administração municipal estar trabalhando com o planejamento do Governo anterior. “Apesar das dificuldades conseguimos realizar palestras em escolas, igrejas e sindicatos, contando sempre com o apoio do Senador Acir Gurgacz, autor das cartilhas Saúde Sempre, Drogas Jamais, que distribuímos gratuitamente com o público participante”. Cumprindo determinações do Prefeito Mauro Nazif de municipalizar a prevenção, foi criado o comitê de enfrentamento às drogas, ficando o vice-prefeito Dalton Di Franco, como presidente, e Eduardo Rauen, adjunto da Semdestur, como vice-presidente. ASSESSORIA TÉCNICA Para organizar as ações do Comitê no próximo ano, Dalton Di Franco convidou o professor de Administração, Cristóvão Nascimento, e a psicóloga Luciana Gonçalves, para atuar na assessoria técnica já elaborando o cronograma de trabalho, envolvendo a SEMED, a SEMAS, a SEMTRAN, a SEMDESTUR, entre outras secretarias municipais de Porto Velho. Sugestões e convites para palestras podem ser formulados e agendados através do e-mail pvhcontraasdrogas@gmail.com. O comitê mantem informações atualizadas no blog http://pvhcontraasdrogas.blogspot.com.br/ Participaram da reunião o chefe de gabinete, Antônio Neto, e a professora Gracineide Rodrigues, esposa do vice-prefeito Dalton Di Franco Fonte: Assessoria de Imprensa

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Município deve adequar-se às prescrições legais para o funcionamento do regime semiaberto para jovens infratores

Tendo em vista o andamento dos debates para a adequação à legislação que regula as unidades de internação socioeducativas para adolescentes no Brasil, por meio da Lei Federal nº 12.594/2012, e tendo também como motivação o triste episódio do falecimento de um interno na unidade da Avenida Rio de Janeiro, o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conedca) de Porto Velho, decidiu abordar como tema de sua última reunião ordinária, ocorrida no dia 20 de novembro no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil, a avaliação das atividades e análise das estruturas das Unidades de Internação de Jovens Infratores existentes no estado de Rondônia. Representando o município de Porto Velho, o vice-prefeito, Dalton Di Franco, acompanhou os resultados do encontro com a intenção de ajudar no processo de readequação para as mudanças desejadas. No ano de 2010, estando reunidos o Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) e o Conedca, foi redigida a Carta de Rondônia, quando foram definidas atribuições do Governo do Estado de Rondônia e dos municípios para harmonizar as ações em prol de crianças e adolescentes infratores. Ao Governo do Estado cabe readequar as unidades de internação às diretrizes do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), de forma que elas atuem como parte do sistema socioeducativo e não como prisões. Associando prescrições da Carta e do Sinase,é cabível ao Estado apurar sobre a existência de adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas em cadeias públicas e penitenciárias, procedendo a sua imediata transferências para o sistema socioeducativo; garantir o direito à defesa técnica de adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa de internação, informando-o acerca de sua situação processual; garantir a existência e qualificação das Equipes Técnicas e demais funcionários em todas as unidades socioeducativas, mediante concurso público e o estabelecimento de critérios para não permitir a contratação de profissionais que cometeram violação de direitos; estabelecer cronograma para pactuação com os Municípios visando a municipalização e descentralização da execução das medidas socioeducativas de meio aberto e outras medidas mais. Competências Aos municípios competem formular, instituir, coordenar e manter o Sistema Municipal de Atendimento Socioeducativo, respeitadas as diretrizes fixadas pela União e pelo respectivo Estado; elaborar o Plano Municipal de Atendimento Socioeducativo, em conformidade com o Plano Nacional e o respectivo Plano Estadual; criar e manter programas de atendimento para a execução das medidas socioeducativas em meio aberto; editar normas complementares para a organização e funcionamento dos programas do seu Sistema de Atendimento Socioeducativo; cadastrar-se no Sistema Nacional de Informações sobre o Atendimento Socioeducativo e fornecer regularmente os dados necessários ao povoamento e à atualização do Sistema e cofinanciar, conjuntamente com os demais entes federados, a execução de programas e ações destinados ao atendimento inicial de adolescente apreendido para apuração de ato infracional, bem como aqueles destinados a adolescente a quem foi aplicada medida socioeducativa em meio aberto. De acordo com Ana Valeska Duarte, presidente do Conedca, desde 2011, aconteceram 15 casos de homicídios em unidades de internação. “Isso demonstra que é imperativo que as mudanças aconteçam logo, porque precisamos transformar essa realidade em Rondônia. Nos casos do regime semiaberto, que de competência dos municípios, não se têm verificado casos dessa gravidade, mas é necessário que as modificações aconteçam simultânea e plenamente. Ansiamos para que todos façam sua parte com eficácia e eficiência para que as condições das crianças e adolescentes em Rondônia sejam de fato transformadas”, afirmou. Segundo Dalton Di Franco, o município está procurando adequar-se às prescrições do Sinase e da Carta de Rondônia. “A Administração Municipal é uma engrenagem em que as peças atuam em conjunto. Por um lado, isso é um valor do sentido de edificação da verdadeira democracia, por outro, passamos também pelas dificuldades na integração dos esforços, muitas vezes, resulta em que precisemos ter paciência até que todos consigam trabalhar em conjunto e no mesmo ritmo. As crianças e adolescentes do nosso município, especialmente aquelas que estão próximas da criminalidade, devem ser assistidas em todas as suas necessidades pelo poder público municipal. A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) vem implementando uma série de modificações no sistema e aguardamos para muito breve estarmos devidamente adequados a tudo o que é de nossa competência fazer”, disse o vice-prefeito.

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Vice-prefeito Dalton Di Franco vê área para construção de creche no bairro Balsa

A Prefeitura de Porto Velho pretende construir uma creche na área do bairro Balsa para atender a comunidade local. Nesta terça-feira o vice-prefeito Dalton Di Franco esteve no bairro acompanhado da secretaria-adjunta da Semed Francisca das Chagas Holanda para conhecer uma área onde a obra poderá ser construída. Os líderes comunitários Guimarães e Eraldo levaram Dalton e a secretaria a uma área que pertence ao Governo do Estado. “Vamos fazer a medição para ver a possibilidade de adequação ao projeto básico para o prefeito Mauro Nazif aprovar e então solicitarmos a cessão da área ao governador Confúcio Moura”, explicou Dalton ao despedir-se das lideranças comunitárias. AMPLIAÇÃO Na sequencia de visitas, Dalton e a secretaria adjunta da Semed estiveram na escola 12 de Outubro, no conjunto Três Marias onde conheceram uma área que poderá ser adquirida para ampliação da escola, abrigando pelo menos três extensões. A área que servia acampamento de uma construtora está abandonada abrigando usuários de droga e moradores de rua. “Vamos procurar os donos para propormos a aquisição”, explicou a professora Francisca das Chagas Holanda à diretora da Escola 12 de Outubro, Ligia Felício. A secretaria-adjunta ainda lembrou que por indicação do vice-prefeito, a Semed está construindo uma quadra para servir à escola e à comunidade. A obra conta com emenda parlamentar do senador Acir Gurgacz. A Obra está em fase de licitação pública.

DALTON DI FRANCO É RECEBIDO NO COMANDO DA PM

O vice-prefeito Dalton Di Franco foi recebido nesta terça-feira no Comando Geral da Polícia Militar pelo subcomandante da corporação Coronel PM Carlos. Ele estava acompanhado do corregedor-geral, coronel Santos. Na pauta a busca de parceria para o transito e o combate às drogas. Dalton agradeceu a parceria e em nome do Prefeito Mauro Nazif parabenizou o comando pelo trabalho que vem realizando no Estado.

sábado, 30 de novembro de 2013

Porto Velho ganha Praça Ecológica numa parceria com o condomínio Ecoville

O projeto da Praça Ecológica que será construída em Porto Velho, na Estrada da Penal, como parte das compensações sociais do condomínio Ecoville, foi apresentado ao prefeito Mauro Nazif nesta sexta-feira. A solenidade que foi acompanha pela imprensa local aconteceu no Palácio Tancredo Neves, sede do executivo municipal. A praça será construída pela Welcon Incorporadora, empresa pertence ao Grupo Guareschi, que está construindo o condomínio Ecoville na Rua Anísio Compasso, também na Estrada da Penal. Depois de concluída a obra, ela será repassada ao patrimônio municipal que receberá a praça a custo zero. O empreendimento terá uma área construída de 9,3 mil metros quadrados e será um espaço social voltado ao lazer, atividades físicas e paisagismo diferenciado. As compensações foram acordadas junto à Secretaria Municipal de Regularização Fundiária e Habitação (Semur). O espaço está projetado com academia ao ar livre, quadra de vôlei de areia, playground, mini rampa de skate, paisagismo norte e sul, praça central do pergolado, alameda dos ipês e pista de caminhada com mais de 350 metros. O secretário Christian Camurça, da Semur, lembrou que o benefício é todo para a população de Porto Velho. “Apesar de ser construída em frente ao condomínio, a praça não será fechada aos moradores do residencial, mas um espaço aberto a quem queira desfrutar de um local aprazível, com muita natureza e equipamentos para entretenimento e lazer”, frisou o secretário. O prefeito Mauro Nazif, na coletiva à imprensa, lembrou que o empreendimento marca a visão administrativa da nova gestão municipal, que é o incentivo às parcerias com a iniciativa privada. “Temos que unir forçar para melhorar a nossa cidade. É o que está se fazendo com relação a esta praça que será uma das mais bonitas da cidade. Vamos melhorar a questão do paisagismo naquela região, presentear a população com uma bela área de lazer e o que é mais importante, sem gastar um centavo. Se cada um fizer sua parte, quem sai ganhando são todos nós”, disse o prefeito. Para o vice-prefeito, Dalton Di Franco, a cidade ganhará um espaço de lazer que será um referencial para Porto Velho, quando a Praça Ecoville estiver concluída. Ele também ressaltou o esforço do prefeito Mauro Nazif em buscar alternativas para driblar as dificuldades financeiras por que passa a prefeitura hoje. “A cidade está crescendo e esse crescimento implica em novas demandas. E o prefeito tem buscado fazer o melhor pela cidade. Por isso temos que pensar positivo e essa parceria veio em boa hora”, afirmou. A diretora executiva da Welcon Incorporadora, Leda Guareschi, disse que, apesar das compensações serem previstas em lei, é política da empresa trabalhar o desenvolvimento com sustentabilidade, visando o desenvolvimento econômico da cidade. “Nesse sentido, temos compensações com várias secretarias da prefeitura”, enfatizou. Além da Semur, a Welcom tem compensações com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema), Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (Semtran). ________________________________________ Por Joel Elias | Fotos: Medeiros

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Vice-prefeito Dalton Di Franco participa de reunião sobre as Unidades de Internação de adolescentes


O vice-prefeito Dalton Di Franco participou da reunião Ordinária do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conedca), na sede da Seccional Rondônia da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RO), na última quinta-feira (20). A reunião teve como pauta principal as Unidades de Internação do Estado de Rondônia com a finalidade de viabilizar soluções alternativas para resolver o problema da segurança dos adolescentes. A reunião foi presidida pela advogada Ana Valeska Duarte, presidente do Conedca na vaga da OAB/RO. A reuniãp tratou sobre as Unidades de Internação do Estado de Rondônia, que conforme apresentação de tópicos, não possuem estrutura adequada nos alojamentos, que atualmente estão em desacordo com a legislação do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), Lei Federal n.º 12.594/2012. Na oportunidade foi feita a leitura da Carta de Rondônia, da reunião do Conanda realizada em 2010, onde foram definidas algumas obrigações para o Governo do Estado de Rondônia, tais como adequar as unidades socioeducativas de internação às diretrizes do Sinase. A reunião reforçou que o Governo do Estado cumpra as recomendações feitas em 2010, e que o Conselho de Direitos e Sociedade Civil cobrem o cumprimento do que fora determinado. Também estiveram presentes à reunião o advogado Gustavo Dandolini, vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/RO, o vice-presidente do Conselho Nacional da Criança e do Adolescente (Conanda), André Franzini, a promotora da Infância e Juventude, Sandra Leane Rotuno Vieira, o Deputado Estadual Edvaldo Soares, o vice-prefeito de Porto Velho Dalton Di Franco, e representantes das Secretarias de Estado da Segurança Pública (Sesdec), Promoção da Paz (Sepaz) e de Justiça (Sejus). Confira as recomendações feitas ao Governo do Estado em 2010, para adequação das Unidades de Internação: - Avaliar a necessidade de construção de novas unidades socioeducativas de internação no interior do Estado; - Apurar a existência de adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas em cadeias públicas e penitenciárias, procedendo a sua imediata transferências para o sistema socioeducativo; - Garantir o direito à defesa técnica de adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa de internação, informando-o acerca de sua situação processual; - Garantir a existência e qualificação das Equipes Técnicas e demais funcionários em todas as unidades socioeducativas, mediante concurso público e o estabelecimento de critérios para não permitir a contratação de profissionais que cometeram violação de direitos; - Garantir a elaboração do Plano de Atendimento Individual de todos os adolescentes atendidos no sistema socioeducativo; - Estabelecer cronograma para pactuação com os Municípios visando a municipalização e descentralização da execução das medidas socioeducativas de meio aberto; - Efetivar as ações do SUAS, no que pertine à especialização dos serviços dos CREAS destinados à execução das medidas socioeducativas em meio aberto, dimensionando-os de acordo com a demanda; - Articular a efetivação de projeto de formação permanente dos agentes socioeducativos; - Concluir a elaboração do plano operativo estadual para atenção integral à saúde de adolescentes em conflito com a lei, conforme Portaria 1.426/2004 e 647/2008; - Criar a Comissão do SINASE para acompanhamento da implementação da política de atendimento socioeducativo.

Vice-Prefeito Dalton Di Franco prestigia solenidade comemorativa aos 38 anos da PM


O vice-prefeito de Porto Velho, Dalton Di Franco, participou da solenidade alusiva aos 38 anos de instalação da Polícia Militar, em Rondônia. Ele representou o prefeito Mauro Nazif no evento que teve a participação do governador Confúcio Moura, além de outras autoridades estaduais. A solenidade ocorreu no Comando Geral da Polícia Militar e marcou o encerramento do Curso de Operações Especiais, ministrado a 10 soldados, sendo sete de Rondônia, um do Pará, um de Santa Catarina e um do Acre. Dalton Di Franco afirmou que a presença dele na solenidade mostra o reconhecimento do município ao trabalho desenvolvido pela instituição. “A Polícia Militar tem a árdua missão de garantir a segurança da população. E nesse trabalho estes homens, soldados da segurança, se expõem ao perigo, colocam em risco a própria vida, para salvaguardar a todos nós. Por isso temos que reconhecer a importância da Polícia Militar para a sociedade portovelhense”, frisou o vice-prefeito. Já está disponível na internet pesquisa realizada por Dalton Di Franco sobre os organismos de segurança de Rondônia. Há um capítulo especial sobre a Polícia Militar. O material está disponível no blog: http://agentesdalei.blogspot.com.br/

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

VICE-PREFEITO DALTON DI FRANCO PRESTIGIA CARAVANA QUE PERCORRE A BR-319


O vice-prefeito Dalton Di Franco esteve presente à solenidade de saída da caravana que percorrerá a BR-319. Em nome do Prefeito Mauro Nazif ele desejou boa sorte aos participantes da caravana liderada pelo senador Acir Gurgacz (PDT-RO), contando com a participação de representantes do Ministério dos Transportes (Dnit), do Ministério do Meio Ambiente (Ibama e ICMBio) e o apoio do Exército Brasileiro, dos governos de Rondônia e do Amazonas, além de representantes da agricultura, da indústria e do comércio dos dois Estados, a Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) do Senado. A caravana partiu na tarde de domingo, percorrendo a rodovia que liga Porto Velho (RO) a Manaus (AM). A ação, que na prática é uma espécie de expedição em veículos 4×4, atende a requerimento do senador Acir Gurgacz (PDT-RO) aprovado na CRA. A rodovia é a única ligação por terra dos Estados de Roraima e Amazonas com Rondônia e os demais Estados do Brasil e está praticamente intransitável. O objetivo da diligência, como explicou o senador Acir Gurgacz, é verificar as condições da BR-319, acompanhar a execução dos serviços de manutenção, bem como, os trabalhos para o estudo de impacto ambiental que irá subsidiar o licenciamento ambiental para reconstrução da rodovia. O senador lembrou que a rodovia foi construída no final da década de 1960 e inaugurada em 1973, pelo Exército, dentro do contexto de colonização da Amazônia e sua integração ao território nacional. Atualmente a BR-319 encontra-se abandonada desde a década de 1990. Um trecho de 204 quilômetros na saída de Manaus e outro de 208 quilômetros na saída de Porto Velho foram recuperados e pavimentados em 2010. A recuperação do trecho intermediário, com a extensão de 405 quilômetros, no chamado ‘Meião da Floresta’, foi embargada pelo Ibama em 2009, mesmo com o projeto de restauração possuindo o Estudo de Impacto Ambiental (EIA), executado pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Desde então, muitos estudos de impacto ambiental já foram feitos e refeitos e o licenciamento ambiental da obra não foi emitido pelo Ibama. De acordo com o Dnit, mais R$ 78 milhões já foram gastos com estudos ambientais, criação de unidades de conservação e intervenções a fim de mitigar impactos ambientais no entorno da rodovia. ROTEIRO DA DILIGÊNCIA A comitiva concentrou-se a partir das 14h de domingo no estacionamento do Jornal Diário da Amazônia, em Porto Velho, na avenida Calama, 2666 esquina com a Rafael Vaz e Silva para divisão dos participantes nos veículos e orientações do roteiro com equipe de apoio. A saída ocorreu às 15h30 até Humaitá, saindo na segunda-feira, às 5h, com destino ao distrito de Realidade, onde haverá reunião com a comunidade por volta das 7h e depois deslocamento com destino a Manaus. A previsão é que a pernoite aconteça em acampamento no trecho do ‘Meião da Floresta’, sob escolta do Exército, saindo no dia seguinte, às 6h, via Careiro Castanho, chegando à Capital amazonense às 18h. O retorno, fazendo o mesmo percurso, está marcado para a quarta-feira, às 9h30, a partir da Praça dos Três Poderes.

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

DALTON DI FRANCO FAZ PALESTRA PARA ESTUDANTES DA ESCOLA MANAUS


Alunos da Escola Manaus, no bairro Mato Grosso, na Capital, ouviram palestra proferida pelo vice-prefeito Dalton Di Franco. Ele falou sobre a prevenção às drogas, como parte do projeto de combate a esse mal, Saúde sim, drogas jamais, numa ação conjunta com o senador Acir Gurgacz. Veja reportagem de Rosinaldo Guedes. http://www.youtube.com/watch?v=-BnlJGWfSB4&feature=c4-overview&list=UUfsV-0fnIHzxcesA7l1J1KA

MP discute com município plano de ação para enfrentamento de alagamentos em Porto Velho

O promotor de Justiça do Urbanismo, Átilla Augusto da Silva Sales, se reuniu na tarde de segunda-feira, 18 de novembro, com o prefeito de Porto Velho, Mauro Nazif, e secretários municipais para discutir um plano de ação para conter os alagamentos na cidade durante o período de chuvas. O município se comprometeu a apresentar ao Ministério Público, o mais breve possível, um cronograma de ação dos serviços em execução e que serão executados para enfrentar os principais pontos de alagamentos da cidade. De acordo com o secretário municipal de Obras, Gilson Nazif, até o final do mês de dezembro, o município receberá uma máquina (tatuzão) com capacidade para realizar limpeza profunda nos bueiros. Na abertura da reunião, foi apresentado o relatório de vistoria técnica realizada pela equipe do Ministério Público de Rondônia, do qual consta uma visão geral acerca dos problemas que causam alagamento, e que aponta sugestões de medidas necessárias para solução do problema, que devem ser analisadas pelo município e adotadas de imediato, para evitar transtornos à população no período do inverno. O prefeito Mauro Nazif argumentou que o município vem enfrentando dificuldades financeiras e falta de maquinário para realização de serviços como limpeza de canais, desentupimento de bueiros e outros que permitam o escoamento das águas pluviais. O município teve suspensa licitação pelo Tribunal de Contas do Estado para contratação de horas-máquinas. O prefeito enfatizou também a necessidade de se investir em campanhas de educação ambiental, já que os moradores não contribuem para limpeza da cidade. O Ministério Público vai analisar com o Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente a viabilidade de um projeto de conscientização de limpeza urbana. A Semob destacou que um dos maiores problemas causados nas ruas são o lançamento de efluentes líquidos e esgoto sanitário a céu aberto nas vias públicas, ou ainda, que estão sendo lançadas erradamente na rede de drenagem, causando entrave aos serviços e obras que estão sendo feitos na rua, além das construções irregulares nas áreas de preservação dos canais urbanos. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente informou que está sendo feito levantamento socioeconômico na área de preservação do Canal dos Tanques e deverá apresentar até o dia 2 de dezembro o resultado desse trabalho para subsidiar ações a serem propostas pelo município ao Ministério Público Estadual. Fonte: MP-RO Autor: MP-RO

Farmácia Popular passa a atender em novo endereço, anuncia vice-prefeito Dalton Di Franco


Com o objetivo de acolher a um público maior e apresentar melhor qualidade nos serviços, a Prefeitura de Porto Velho transferiu a Farmácia Popular da Unidade Leste para novo endereço, colocando-a em frente à Unidade de Pronto Atendimento da Zona Leste (UPA Leste), na confluência das Avenidas Mamoré e Rio de Janeiro. O novo prédio passou a funcionar na manhã de segunda-feira (18), após a solenidade de inauguração presidida pelo vice-prefeito, Dalton Di Franco. Estiveram presentes o secretário municipal de Saúde (Semusa), Domingos Sávio, o diretor geral do Programa Farmácia Popular do Brasil em Porto Velho, Elber Rogério, o vereador Dim Dim, técnicos da Semusa, membros da imprensa e populares. Segundo Elber Rogério, as pesquisas realizadas pela diretoria demonstraram que seria importante para o Programa mudar o local em que a unidade funcionava, em frente à Unidade de Saúde Hamilton Gondim, na Avenida José Amador dos Reis, porque a UPA Leste tem capacidade de aglutinar quantidade muito superior de pessoas. “Apresentei a proposta ao secretário Domingos Sávio e ele encaminhou ao prefeito, Mauro Nazif, que prontamente concordou com a proposta de mudança de endereço”, explicou. O secretário da Semusa informou que essa ação faz parte de um projeto mais abrangente, por meio do qual se pretende ampliar as atividades das farmácias populares em Porto Velho. “Queremos tornar as farmácias populares mais acessíveis à população. Inclusive, nosso plano é construir até 2016 duas novas unidades. O Ministério da Saúde regulamenta o funcionamento de uma farmácia popular para cada porção de cem mil habitantes. Assim, vamos trabalhar para que outras duas unidades sejam disponibilizadas para o município”, destacou. As farmácias populares de Porto Velho foram criadas a partir de 2005. Além da que passa a funcionar agora em frente a UPA Leste, há também a Unidade Centro, que funciona na Rua Joaquim Nabuco, 2301. O horário de funcionamento das farmácias é das 08h às 18h, de segunda a sexta-feira, sem fechar no horário de almoço, e das 08h às 12h aos sábados. A Unidade Leste conta com dois farmacêuticos, entre os quais a gerente, Jaçoneide Vieira, e com seis atendentes. “A pesquisa realizada pelo diretor Elber abriu nossos olhos para ver uma situação que realmente precisava ser modificada. Hoje, estamos aqui inaugurando esse belo prédio. Essa é mais uma ação da Semusa, que está se esforçando bastante para dar o melhor atendimento possível à população. Sabemos que a Zona Leste será melhor atendida com essa mudança e esperamos que essa unidade seja mesmo de grande valia, principalmente para os que dela mais precisarem”, declarou o vice-prefeito. ________________________________________ Por Renato Menghi | Fotos: Júlio Muniz

terça-feira, 19 de novembro de 2013

VICE-PREFEITO DALTON DI FRANCO PARTICIPA DE ENCONTRO DE CONSELHEIROS TUTELARES


O vice-prefeito Dalton Di Franco representou o Prefeito Mauro Nazif na abertura do XII Encontro Estadual de Conselheiros Tutelares de Rondônia, que acontece nesta semana em Porto Velho, no auditório do Ministério Público. O evento é realizado pela Associação dos Conselheiros Tutelares do Estado de Rondônia (ACTRON). Pelo transcurso do Dia do Conselheiro Tutelar, no dia 18, Dalton Di Franco saudou todos os colaboradores que atuam nesse importante setor de sociedade, trabalhando em prol da proteção integral da criança e do adolescente. Neste ano, a ACTRON estabeleceu como tema do encontro “O sistema de garantia do Direito e sua eficiência aos 23 ano do Estatuto da Criança e do Adolescente”, informou Rose Silva, presidente da Associação dos Conselheiros Tutelares, agradecendo o apoio do MP, da Justiça e da Prefeitura de Porto Velho. Além do vice-prefeito, participaram inúmeros convidados como o promotor da infância e da juventude, Marcelo Lima, o deputado federal Amir Lando.

Plano de Arborização de Porto Velho é apresentado à população


O vice-prefeito de Porto Velho, Dalton Di Franco, e o secretário municipal de Meio Ambiente, Edjales Brito, apresentaram nesta quinta-feira, 14, o Projeto de Arborização de Espaços Públicos 2013/2014, em solenidade ocorrida na Sala de Reunião do Palácio Tancredo Neves, com a presença de técnicos da área, servidores, populares e vereadores. A realização do Plano faz parte do conjunto de propostas apresentadas pelo então candidato a prefeito da capital, Mauro Nazif, em sua plataforma de governo na campanha eleitoral municipal de 2012. Elaborado pela Sema, o documento em sua fase de confecção recebeu propostas tanto do Grupo de Trabalho criado na secretaria para tratar do assunto, como também da sociedade, por meio do I Seminário de Arborização Urbana do Município de Porto Velho – Construindo o Plano Diretor, realizado pela prefeitura em agosto deste ano. O detalhamento do plano foi feito pelo engenheiro Otavio Ferreira, da Sema. Para o vice-prefeito Dalton Di Franco, com a elaboração do plano, o município dá um importante passo para a consolidação da melhoria da qualidade do ambiente urbano de Porto Velho, ao trabalhar a arborização dos espaços públicos e privados da Cidade. “O projeto de arborização vai preencher uma lacuna existente há anos, no que diz respeito aos procedimentos técnicos para a arborização da cidade. Esse foi um tema discutido pelo prefeito com a população durante a campanha”, lembrou. O secretário Edjales Brito adiantou que o documento tem por finalidade orientar as ações públicas da prefeitura no desempenho das atividades de planejamento, plantio, monitoramento, avaliação e conservação da arborização urbana, contribuindo para a biodiversidade, equilíbrio ambiental e climático, bem-estar da população e a constituição da paisagem urbana da cidade. “Para que se possa alcançar a finalidade estabelecida, o projeto tem como objetivo a elaboração das diretrizes, estratégias e normas para a arborização urbana, tendo em vista a proteção e a ampliação das áreas verdes da cidade. Porto Velho apresenta grande heterogeneidade em relação a sua ocupação, com bairros antigos convivendo com outros mais modernos. Estas diferentes realidades, decorrentes do próprio crescimento da cidade ao longo do tempo, também se refletem na arborização das vias. Diante disso, os procedimentos de gestão da arborização da cidade enfrentam uma série de desafios, desde a sua implantação até a manutenção”, explicou o secretário. Substituição do ficus O projeto que teve sua elaboração coordenada pelo engenheiro florestal Denis Oliveira e pelo engenheiro agrônomo Otávio Ferreira, em sua primeira fase, prevê a substituição das árvores do gênero Ficus, etapa já iniciada com a retirada das árvores da avenida Tiradentes, Serão substituídas 182 árvores da espécie e 220 mudas, sendo 142, que serão erradicadas na avenida Tiradentes, no trecho entre a avenida Jorge Teixeira e rua Buenos Aires, numa extensão de 1,1 quilômetros. Outra 36 árvores serão retiradas da avenida Chiquilito Erse (antiga Rio Madeira), no trecho entre as avenidas Rio de Janeiro e Raimundo Cantuária, totalizando 500 metros de extensão. No cruzamento da avenida Guaporé com a Rio de Janeiro, serão substituídas 10 árvores numa extensão de 50 metros. Edjales Brito adiantou que a erradicação das árvores de ficus é uma medida necessária porque, além de ser uma espécie invasora, a árvores ocasiona uma série de problemas, como a quebra de calçadas, meio fio, e interfere até na drenagem, pois sua raiz, na procura de água, entra na tubulação impedindo a passagem das águas das chuvas, contribuindo assim, para o problema de alagações que ocorrem em vários bairros da cidade. Elas serão substituídas por espécies como a oiti e o ipê (roxo, branco e amarelo). A oiti é uma árvore muito usada na arborização urbana por sua copa frondosa, que dá ótima sombra. As folhas são muito apreciadas pela fauna em geral. Um aspecto notável desta espécie é sua reconhecida resistência aos poluentes urbanos. Já o ipê, é árvore ornamental para arborização urbana, de crescimento moderado a rápido, que não possui raízes agressivas. Pode tornar-se inconveniente durante a quedas das folhas ou flores, provocando sujeira na via pública ou ao alcançar a fiação elétrica ou de telefone, devido a sua altura, que podem ultrapassar 12 metros. Outras espécies que serão usadas no projeto de arborização são a resendá, munguba, sibipiruna, flamboyant e canafistula. Segunda etapa Na segunda etapa, será arborizada a avenida Mamoré, no trecho que vai da Raimundo Cantuária até a Francisco Barbosa, próxima à rodovia Chiquilito erse (BR 364). A Rio de Janeiro receberá plantio no trecho entre a Rio Madeira e Guaporé, onde serão plantadas 150 mudas. Os técnicos da Sema já constataram que na via, o canteiro central tem poucas árvores havendo a necessidade de replantio e manutenção das mudas existentes. O calçamento também é irregular, despadronizado, e em alguns pontos não existe calçada. Na Buenos Aires, o trabalho de arborização será feito no trecho entre a avenida Tiradentes e 07 de Setembro e no Canal dos Tanques em dois trechos. O primeiro, entre a Rafael Vaz e Silva e e Getúlio Vargas e o segundo, entre a Carlos Gomes e a Elias Gorayeb. Nesses locais serão plantadas 1,33 mil mudas. Quinhentos e cinquenta no Canal dos Tanques; 150, na avenida Rio de Janeiro; 320, na avenida Mamoré, e 340, na avenida Buenos Aires. Em 2014, as vias a serem arborizadas são: a avenida Caúla, a Campos Sales, próximo ao Hospital João Paulo II, Imigrantes e Jorge Teixeira, Parque da Cidade, Parque Jardim das Palmeiras (Skate Park), as praças Getúlio Vargas, Caladinho e Ipase Novo. O plantio também será feito nos condomínios Habitar Brasil I e II, Candelária II, III e IV, PSH (conjunto Arco Iris) e Vereadas I e II e nas áreas das escolas Flor do Piquiá, São Pedro, Tarumã, Senador Olavo Pires, Rio Madeira, Beleza dos Buritis, engenheiro Francisco Erse, Santa Margarida, Guadalupe, Antônio F. Da Silva, Maria Isaura da Costa Cruz, Antônio Rebelo das Chagas, Nacional, Pé de Murici, João Ribeiro Soares e Senador Darcy Ribeiro. Será desenvolvido também o Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas nas Área de Proteção Ambiental (APP) da Salgado Filho, entre a Álvaro Maia e Herbert Azevedo; da rua Joaquim da Rocha, no Castanheira; da Campos Sales, com a Jacy-Paraná; e do bairro Três Maria. A previsão é que sejam plantadas 7,75 mil mudas. Desse total. 1,77 mil mudas serão plantadas nos espaços públicos; outras 465 mudas serão plantadas nos estabelecimentos de ensino, por meio do Projeto Escola Mais Verde (PEMV); 889 nos condomínios, pelo Projeto de Arborização nos Condomínios (PAC); e 3,45 mil mudas pelo Disque Plante Uma Árvore, telefone disponibilizado à população pela Sema. ________________________________________ Por Joel Elias | Fotos: Medeiros

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Vice-prefeito Dalton Di Franco explica investimentos empregados na prevenção às drogas em Porto Velho


O município de Porto Velho está cumprindo com o compromisso de combate às drogas, afirmou o vice-prefeito Dalton Di Franco, acrescentando que, várias ações estão em andamento, como a parte de cuidado e prevenção, além da parceria com União e o Governo do Estado que dispõe de uma base móvel e de efetivo para atuar em caso de intervenção, conforme protocolo assinado com o Programa Crack, é possível vencer. Segundo Dalton Di Franco, da parte da Prefeitura, as ações tem seguido à risca às determinações do Prefeito Mauro Nazif. “A SEMUSA, Secretaria Municipal de Saúde, é responsável pelo atendimento especializado, desenvolvendo ações através dos CAPS, Centro de Atenção Psicossocial e do consultório de rua, composto de uma equipe que faz atendimento itinerante nos locais de concentração de uso de crack. Já a SEMAS, Secretaria Muncipal de Ação Social, atende com acolhimento aos dependentes químicos nos CREAS e no CREAS-POP, Casa Abrigo, Albergue Municipal e Lar do Bebê”. A Prefeitura de Porto Velho ficou ainda responsável pela parte de prevenção. O próprio vice-prefeito é responsável pelas palestras ministradas em escolas, igrejas, associações e sindicatos, num trabalho em conjunto com as Coordenações de Mulheres e de Juventude, além das secretarias de Esportes, de Desenvolvimento e Turismo, de Educação, Fundação Cultural e de Obras. O projeto conta ainda com o apoio do senador Acir Gurgacz no projeto Saúde sim, drogas jamais, com a distribuição de cartilhas com orientações que são distribuídas gratuitamente. Pelo projeto Crack, é possível vencer, o Governo do Estado ficou responsável pelo enfrentamento ao tráfico de drogas e às organizações criminosas. O Governo recebeu uma base móvel e está treinando policiais militares para atuar nessa área. DEFASAGEM Segundo Dalton Di Franco, a Prefeitura está trabalhando com uma defasagem de recursos. Enquanto o município gasta R$ 227.401,13, com o funcionamento de três CAPS, Desse valor, a União contribui com apenas R$ 39.780,00. Com isso, a Prefeitura arca com a despesa de 187.621,13. “É uma defasagem considerável que o Prefeito Mauro está cumprindo, pois era uma proposta de campanha”, acrescentou Dalton. Já com o com as unidades de acolhimento, a Prefeitura investe cerca de R$ 112.074,95, mensais. “Essas unidades estão sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Ação Social, SEMAS”, explicou o vice-prefeito que também é presidente do Comitê de Enfrentamento às Drogas. A Prefeitura de Porto Velho aguarda ainda a liberação de recursos federais para a ampliação de CAPS AD e a construção de Unidade de Acolhimento Infanto Juvenil e centro de convivência; construção de abrigo transitório de crianças a partir de 10 anos e adolescentes, que fazem uso de droga e dependentes químicos para internação voluntária. Porto Velho ainda não tem um CAPS I. “Mas há a proposta de mudança do CAPS do bairro Três Marias passar da atual modalidade 2 para um 1. A proposta está com o Ministério da Saúde, com o pedido de liberação de verba da ordem de R$ 1,800 mil para a construção. O senador Acir Gurgacz faz o acompanhamento junto ao Governo Federal para liberar os recursos necessários. Fonte: Assessoria de Imprensa

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Conselhos tutelares de Porto Velho são equipados com novos veículos entregues pelo vice-prefeito Dalton Di Franco


Três veículos foram entregues pelo vice-prefeito Dalton Di Franco aos conselhos tutelares de Porto Velho, na manhã desta sexta-feira, 25. A solenidade foi no Palácio Tancredo Neves, e teve a participação da secretária Josélia da Silva, da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), da adjunta da pasta Artelúcia Maria, do presidente do Conselho dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes (CDCA), Marinélio de Souza, da presidente da Associação Estadual dos Conselhos Tutelares de Rondônia, Rose Silva, do vereador Márcio Pacele, o “Márcio do Sitetuperon” (PSB), e representantes dos três conselhos tutelares da capital. Dalton Di Franco lembrou que ele e o prefeito Mauro Nazif gostariam de fazer mais, porém essa vontade esbarra nas dificuldades que a atual gestão municipal encontra para manter a máquina administrativa funcionando. “Fazemos o que é possível ser feito. Quando assumimos a prefeitura não tínhamos ainda o retrato fiel da situação do município. A transição ficou prejudicada com a operação policial ocorrida na época e que levou computadores e documentos. Ficamos sem as informações necessárias para sabermos como estávamos recebendo a prefeitura. Tivemos que lutar muito para arrumar a casa e só agora estamos começando a mostrar algumas ações positivas”, explicou o vice-prefeito. A secretária da Semas, Josélia da Silva, lembrou que o município corria o risco de não ser beneficiado pelo Sistema de Distribuição de Kits para Conselhos Tutelares, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH). “A princípio, só seriam atendidas as capitais onde haverá jogos da Copa do Mundo de 2014. Mas houve toda uma mobilização em torno da questão e conseguimos levar o caso até o senador Acir Gurgacz, que prontamente colocou sua equipe em campo para fazer articulações junto a Secretária de Direitos Humanos e conseguimos, então, reverter essa situação”, afirmou. Para o presidente do CDCA, Marinélio de Souza, os veículos irão ajudar muito os conselhos que atualmente têm a disposição apenas um veículo. “Quando tem alguma viagem, os conselhos ficam sem transporte. Agora com mais esses veículos eles não vão ficar descoberto. E, felizmente, estamos vendo a coisa começar a andar”, frisou. Essa é a segunda remessa que a Prefeitura de Porto Velho recebe da Secretaria de Direitos Humanos, por meio do Sistema de Distribuição de Kits para Conselhos Tutelares. Na primeira, foram entregues 15 computadores e impressoras multifuncionais para o Primeiro Conselho, Segundo Conselho e o Conselho Tutelar de Jacy-Paraná. Para completar o kit faltam ainda o bebedouro e a geladeira. A ação tem por objetivo apoiar as prefeituras nos processos de qualificação da rede local, fortalecer os conselhos tutelares como órgãos estratégicos do Sistema de Garantia de Direitos (SGD), e fomentar o acesso e o uso do Sistema de Informações para Infância e Adolescência Sipia Web junto aos conselhos tutelares. O Sipia Web é um sistema que auxilia na gestão local dos atendimentos na rede de proteção. ________________________________________ Por Joel Elias | Fotos: Cíntia Valadares

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

EDUCAÇÃO: Prefeitura inaugura creche no bairro Embratel


O vice-prefeito Dalton Di Franco, representando o Prefeito Mauro Nazif, presidiu a inauguração da Escola Municipal de Ensino Infantil Cosme e Damião, na rua Uruguai com Carlos Gomes, hoje às 10h. A escola atenderá 140 crianças do bairro Embratel e foi entregue à comunidade graças à parceria com a Associação de Moradores. Estavam com Dalton Di Franco, sua esposa, Maria Gracineide, a professora Chaguinha (Adjunta da Semed), Christian Carmurça (da Semur), Fernando Rocha (líder comunitário), Marcio do Sintetuperon (Vereador), a equipe da Semed, além das diretoras Maria Suzi Rosa da Silva e Suelen e pais de alunos com seus filhos, os clientes da escola. Na administração de Mauro Nazif e Dalton Di Franco, a Prefeitura deverá construir 40 creches até o final do mandato. A metade já está garantida. A outra parte conta com parceria do Senador Acir Gurgacz para ser conseguida em Brasília.

Dalton Di Franco visita general na 17ª BIS


O vice-prefeito Dalton Di Franco fez uma visita de cortesia ao comandante da 17ª Brigada de Infantaria de Selva, general Ubiratan Poty, na última quarta-feira. Os dois discutiram diversos assuntos sobre o município de Porto Velho. Representando o Prefeito Mauro Nazif, Dalton fez uma explanação sobre a situação de Porto Velho, explicando que a administração atual assumiu a gestão em momento difícil em virtude de desvios de verbas que prejudicaram o serviço de drenagens e limpeza de córregos. Segundo Dalton há pelo cerca de 40 projetos parados que podem até travar o município quanto ao recebimento de recursos federais. “Nossos secretários e auxiliares correm contra o tempo para regularizar as pendências”, explicou o vice-prefeito Dalton Di Franco. O comandante da organização militar agradeceu a visita e colocou-se à disposição para colaborar com o município de Porto Velho. Depois desse diálogo, o comandante da 17ª Brigada ofereceu um almoço ao vice-prefeito servido no rancho oficial. Dalton estava acompanhado do secretário municipal de transportes, coronel Carlos Gutemberg e dos assessores Hudson Martones e Kemper.

Dalton Di Franco faz palestra para estudantes no bairro Ronaldo Aragão


A palestra de prevenção ao uso de drogas foi ministrada para alunos, professores e diretores da Escola Estadual Marcos Freire, no bairro Ronaldo Aragão, na tarde de quarta-feira. Dalton Di Franco falou que “as drogas podem interromper os sonhos de muitos jovens brasileiros e estes devem se abster da curiosidade de conhecê-las”. A diretora Maria José reuniu os alunos do turno vespertino no pátio da escola, permitindo que todos participassem da palestra que ela considerou importante para a comunidade escolar do bairro Ronaldo Aragão. Além da palestra, a equipe de Dalton Di Franco distribuiu cartilhas “Saúde sim, Drogas jamais” para todos os presentes contendo mais orientações. Durante o encontro, Dalton Di Franco lembrou que as drogas trazem inúmeros problemas para o usuário. “Muitos jovens para sustentar o vício tem sido levado à prática de crimes, desde pequenos furtos a delitos de maior potencial como assalto e homicídio. Combater as drogas”, afirmou Dalton, é uma responsabilidade de todo cidadão. O palestrante pediu ainda aos estudantes para que se dediquem aos estudos e aproveitem a oportunidade para conseguir ampliar o conhecimento. “No mundo de hoje que tem conhecimento, manda”, acrescentou. Ao final, Dalton agradeceu à diretora Maria José, ao seu vice, Alberto, professores e alunos pela atenção dispensada. A palestra de prevenção é um trabalho realizado por Dalton Di Franco em parceria com o senador Acir Gurgacz (PDT-RO) e já atingiu grande parte da juventude da zona Leste de Porto Velho. “É um trabalho de responsabilidade social que realizamos sem cobrar nada”. Diretores de escolas, pastores, lideres comunitários e em geral interessados podem agendar as palestras com Antonio Neto pelo telefone 69-9956-9460 ou pelo e-mail: neto.mir12@gmail.com. “Não cobramos nada pelo trabalho. Queremos contribuir com a sociedade”, finalizou Dalton.

sábado, 19 de outubro de 2013

PLANTÃO DE POLÍCIA COM DALTON DI FRANCO E ROSINALDO GUEDES É SUCESSO ABSOLUTO EM AUDIÊNCIA


A segunda edição do programa Plantão de Polícia que vai ao ar às 18h15 de segunda à sexta-feira com apresentação de Dalton Di Franco e Rosinaldo Guedes está superando todas as expectativas. A dupla está comandando a apresentação do programa desde a última segunda-feira (14), e a cada dia que passa a audiência do programa só aumenta. Com bastante interatividade com o público, os apresentadores levam diariamente a notícia à milhares de lares Rondonienses, com bastante humor, mas sem deixar de lado a seriedade com que é tratada a notícia. Na 2ª edição do Plantão de Policia, novas reportagens são levadas aos telespectadores, que também podem acompanhar o que ocorre na cidade, na apresentação da primeira edição do programa, que vai ao ar das 12h30 às 14h. Acompanhe diariamente o Plantão de Policia, o primeiro na TV e na preferência do povo. Fonte: Julio Malta /RONDONIAWEB - http://www.rondoniaweb.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=7505:plantao-de-policia-com-dalton-di-franco-e-rosinaldo-guedes-e-sucesso-absoluto-em-audiencia&catid=1:noticias-padrao&Itemid=105

Vice-Prefeito de Porto Velho prestigia a formação de 172 novos sargentos PM


O Vice-Prefeito de Porto Velho, Dalton Di Franco, nesta sexta-feira (18), acompanhou a formatura dos novos sargentos da Polícia Militar de Rondônia. A cerimônia foi presidida pelo Governador do Estado, Confúcio Moura, e contou com a presença de diversas autoridades como o senador da República, Valdir Raupp, o deputado federal, Amir Lando, o comandante geral da PM, Coronel Paulo Cesar Figueiredo, entre outros. A solenidade marcou o término do curso da Polícia Militar, que teve duração de quatro meses e culminou com a formação dos 172 sargentos PM. São funções dessa graduação estabelecer ligação entre praças e oficiais, auxiliar em serviços de fiscalização, coordenar atividades e cooperar com a instrução de praças. Os sargentos exercem suas atividades em relação ao sentido geral da PM, que é servir e proteger a sociedade rondoniense. ________________________________________ Por Renato Menghi | Fotos: Comdecom

Centro de Inspiração e Tecnologia será lançado durante o Viradão Digital


A Prefeitura de Porto Velho, o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) de Rondônia, lançam neste fim de semana o projeto do Centro de Inspiração e Tecnologia (CIT), que funcionará no Galpão 2 do Complexo Turístico da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré. O lançamento será feito durante a realização do “Viradão Digital” que acontece neste sábado e domingo e que pretende levar 24 horas de interatividade e tecnologia à população da capital. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, 18, na Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (Fiero), o prefeito Mauro Nazif adiantou que o CIT será uma referência não apenas para Rondônia, mas também para todo o país. “Por meio dessa parceria com o Sesi e o Senai, avalizada pelo Iphan, buscamos dar uma opção a mais de cultura e lazer à população, na busca de melhorar a qualidade de vida em nossa cidade. O objetivo principal do centro é a educação com foco na tecnologia. Será uma grande novidade para todos nós. Já na próxima segunda-feira vamos assinar a Ordem de Serviço para o início da obra que deve ser concluída em 60 dias. O centro funcionará vinte e quatro horas”, adiantou. O vice-prefeito Dalton Di Franco participou do lançamento do projeto. Mauro Nazif também lembrou que a estrutura arquitetônica original do galpão não será mexida. Apenas a área interna do barracão será adaptada para a realização de cursos. O Centro de Inspiração e Tecnologia terá ambientes de áudio e vídeo, computadores e redes, jogos eletrônicos, elétrica e mecânica, robótica e mecatrônica. O representante da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Heber Xavier, lembrou que os cursos oferecidos serão destinados não apenas as escolas das redes públicas e privada, alunos do Sesi e Senai. “Nosso foco será a juventude propiciando à inclusão digital, a manipulação de novas tecnologias. Hoje os jovens são ligados a essas novidades, mas precisamos tirar deles o lixo tecnológico para que eles possam ter um melhor proveito no uso dessa nova ferramenta”, frisou. Viradão A programação será aberta às 18h do sábado e se estenderá ininterruptamente até as 18h do domingo. Em todo o espaço em volta da Madeira-Mamoré, haverá acesso digital livre por wi-fi para quem quiser navegar na Internet com seu notebook, tablet ou smartphone. As atividades se desenvolverão em seis círculos, distribuídos em torno da praça da Estação. A abertura oficial ocorrerá às 18h, no círculo 1, onde fica o mastro da bandeira. Haverá hasteamento da Bandeira Nacional, seguida de pronunciamentos do prefeito de Porto Velho, Mauro Nazif e do diretor da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Sérgio Moreira, responsável pela gestão do Sesi e Senai de Rondônia. A agenda cultural começará às 19h do sábado, com a apresentação da Banda Semáforo 89 (rock pop nacional, anos 80 e flash back), no círculo 6, em palco armado próximo ao anfiteatro. Outros grupos musicais e DJs de diversos estilos se sucederão nesse espaço até as 23h30. Uma das principais atrações é reservada ao Projeto Kaminari, de animação cosplay (performance de jovens usando fantasias inspiradas em desenho animado japonês). O grupo realizará encontro dentro do Viradão em uma tenda montada no espaço da arena cultural, no sábado, a partir das 19h. O público está convidado a participar deste debate. Haverá também um show especial com apresentações de músicas de desenhos japoneses no palco do evento, às 20h. A madrugada será saudada com um luau no espaço 3, no centro da praça da Estação, com revezamento de bandas, DJs e apresentações de malabares, entre outras atrações, de 01h às 04h do domingo. As atrações da manhã de domingo começam com a programação infantil, animada por palhaços, no espaço 1. Nesse mesmo horário (09h) iniciam-se as atividades de ventura, entre as quais a mega tirolesa de 140 metros e a torre de escalada de 8 metros. Domingo Na manhã e tarde de domingo ocorrerão as atividades do espaço sustentável, com círculo de obstáculos, amarelinhas, jogos de argola e ‘pulaneu’. Outra novidade é a premiação da Corrida de Rua do Sesi, que acontecerá no palco do evento no domingo à tarde. Um total de seis unidades móveis do Sesi e Senai, localizadas no espaço 4 (estacionamento), funcionarão como lan house. Equipes de instrutores darão esclarecimentos sobre as atividades das duas instituições. O 5º BEC e a 17ª Brigada de Infantaria de Selva, além de apoio logístico, cederão barracas especiais e montarão estandes informativos nesse espaço. Distribuídas em dois pavimentos, no espaço interno de mil metros quadrados do galpão 2, as atrações tecnológicas (detalhamento anexo) serão um dos pontos altos do Viradão Digital. As opções incluem vídeo wall multitouch; toten, mesa e aplicativos em três dimensões e piso interativo extreme game (imersão digital). Haverá também futebol interativo, instrumentos musicais digitais, biblioteca digital, um ‘quiz’ interativo com perguntas e respostas sobre Rondônia, suas figuras históricas e biblioteca regional interativa, além de imagens interativas relativas ao Sesi e Senai. Constam ainda do cardápio digital: vídeos sobre evolução tecnológica, campeonato de X-box e HTML. Veja a programação completa abaixo. Programação Dia 19 — Sábado 18h - Abertura oficial do evento - Círculo 1 19h - Apresentação musical com Ciro Medeiros - Círculo 6. 20h - Projeto Kaminari (Cosplay - Debate e finalização com apresentação do cantor Fábio) - Círculo 3. 21h a 00h - Apresentação com DJs Luan Felipe e Kau Gomes, além de outras atrações de som mecânico - Círculo 6. Dia 20 — Domingo 01h - Luau com Banda Fusca 69 e apresentação de malabares - Palco 2 (gramado da praça da EFMM) - Círculo 3. 02h30 - Luau com som mecânico do DJ Kau Gomes (flash back), entre outras atrações - Palco 2 (gramado da praça da EFMM) - Círculo 3. 09h - Programação infantil, com palhaços (palco 1) - Círculo 1. 15h - Apresentação com músicos Bubu Jhonson e Placa Luminosa (música regional). (Palco 1) - Círculo 1. 17h - Encerramento com apresentação da Banda MP Black. (Palco 1) - Círculo 1. Praça de aventura (estacionamento/gramado da EFMM)- domingo 20/10 09h às 18h - Início das atividades de aventura (mega tirolesa, escalada e outras) - Círculo 5. 09h30 às 18h - Início das atividades do Espaço Sustentável - pulaneu/ circuito de obstáculos/ amarelinhas/ jogos de argola - Gramado da Praça. Unidades Sesi e Senai – lan house e outras atividades 24 h - Círculo 4. Interação Digital 24 horas - Círculo 2. Atrações digitais Vídeo wall multitouch Toten 3D Piso interativo Mesa 3D Xtreme game (imersão digital) Aplicativos 3D Quiz interativo (perguntas e respostas sobre Rondônia) Futebol interativo Imagens interativas SESI e SENAI Instrumentos musicais digitais interativos Aplicativos diversos Biblioteca Regional Interativa Internet Livre Vídeos da evolução tecnológica Campeonato de Xbox Campeonato html Apresentação cosplay ________________________________________ Por Joel Elias | Fotos: Comdecom

Prefeito Mauro Nazif e o vice Dalton Di Franco inauguram escola em Marco Azul


A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Educação (Semed), inaugurou nesta semana no Ramal Saracura/ Estrada de Buritis, sentido Ariquemes, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Marco Azul II, que é uma extensão da E.M.E.F. Rio Pardo. Estiveram presentes diversas autoridades, entre elas o prefeito, Mauro Nazif, o vice-prefeito, Dalton Di Franco, o secretário da Semed, Marcos Rocha, o secretário de Agricultura e Abastecimento (Semagric), Leonel Bertolin, a secretária adjunta da Semed, Francisca das Chagas, o secretário adjunto da Semagric, Licério Correia Soares, entre outras. Criada em 2004, a instituição funcionava em um prédio provisório em dois turnos, do 1º ao 5º ano. As novas instalações contam com duas salas de aula, cozinha, banheiros e um pátio. O prédio tem capacidade para 120 alunos, divididos em turmas multisseriadas e foi construído com ajuda da própria comunidade em apenas trinta dias, o que para o prefeito, demonstra a parceria direta da população com a atual gestão. “Quando a gente fala desta escola, falamos de uma das coisas mais bonitas da nossa cidade, já que os próprios moradores se reuniram para construção desta edificação em um prazo tão curto. Se a prefeitura através de toda sua equipe fosse realizar este trabalho, levaria no mínimo em torno de 4 meses somente com a burocracia. Nós como gestores temos que agradecer a todas estas famílias por terem dado essa contribuição para Porto Velho”, explicou Mauro, que completou dizendo que foram investidos R$26 mil reais em materiais, adquiridos pela Semed. Diante da proximidade entre a comunidade e o poder público, o prefeito e o vice, se comprometeram em buscar outros benefícios para os moradores locais. “Agora vamos lutar pelo posto de saúde, que será nossa próxima meta, e eu não tenho dúvidas de que o povo está disposto a ajudar”, comemorou o prefeito. Na oportunidade foram entregues a Associação de Produtores Rurais de Marco Azul (Asproma) dois tanques de resfriamento de leite de 1000l, uma despolpadeira de frutas e uma máquina beneficiadora de arroz, equipamentos adquiridos através de emenda parlamentar, que deverão alavancar a produção. ________________________________________ Por Renata Beccária | Fotos: Frank Néry

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Palestra de Dalton Di Franco na campanha de prevenção às drogas


País de família, estudantes e colaboradores reunidos ontem pela manhã no Centro Social Madre Mazzarello, no bairro Jardim Santana, na zona Leste, ouviram palestra proferida pelo vice-prefeito de Porto Velho em que ele destacou a importância da prevenção às drogas. Dalton Di Franco distribuiu ainda dezenas de cartilhas da série “Saúde sim, drogas jamais”, em parceria com o senador Acir Gurgacz (PDT-RO). Segundo Dalton Di Franco, “as drogas têm dizimado famílias inteiras no Brasil”. Ele pediu para cada família ficar atenta aos filhos e que invistam em educação deles. “Vocês jamais se arrependerão de cuidar de cada um de seus pequenos”. Dalton ainda destacou a preocupação do Prefeito Mauro Nazif com a saúde das famílias. Citou ainda que o senador Acir está buscando recursos em Brasília para realizar uma série de projetos na área de prevenção às drogas e tratamento de dependentes químicos. A palestra fez parte do programa da família, desenvolvido pelo Centro Social Madre Mazzarello, mantido pela comunidade Laura Vicunã, numa parceria com as acadêmicas Maria José e Rossilene, da UNOPAR. O padre João Paulo, outro convidado, falou sobre a família e depois proferiu a benção aos presentes. A palestra contou ainda com a participação do assessor do senador Acir, José Albuquerque.

Dalton Di Franco assume a segunda edição do Plantão de Polícia

A segunda edição do Programa Plantão de Polícia, da Redetv Rondônia, será apresentado em novo horário, a partir desta segunda-feira, e sob novo comando. Dalton Di Franco, que já faz o Plantão das 12h50, será o novo apresentador, conforme ficou decidido com a direção do SGC, nesta quinta-feira. O programa começará as 18h15, antes do Jornal da Rede! Conforme a direção da emissora, a segunda edição do programa já lidera no horário, com Faro Fino, que permanecerá com suas atividades em Ji-Paraná. Dalton Di Franco assume o novo horário com um know how que reúne experiência, relacionamento e trabalho. Sua equipe lidera a audiência todos os dias, no horário das 12h30 às 14h, de segunda à sexta-feira. Além disso, o Plantão de Polícia é o programa com o maior cast de patrocinadores da TV local. A segunda edição não será a repetição das notícias do meio-dia. “Vamos repercutir algumas, mas teremos sempre matérias inéditas, contando com a participação de profissionais e dos próprios telespectadores”, afirmou Dalton Di Franco. Um time de repórteres trará notícias de todo o Estado. O repórter Rosinaldo Guedes dividirá a apresentação com Dalton Di Franco, sempre produzindo matérias especiais.

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

PDT recebe liderança dos conselheiros tutelares


O PDT de Porto Velho recebeu a filiação de Rose Silva, militante na área da infância e da Juventude do Estado. Acadêmica do Curso de Gestão Publica, ela possui uma larga folha de serviço prestado como conselheira tutelar, por dois mandatos, tendo sido eleita também presidente da Associação dos Conselheiros Tutelares de Rondônia (ACTRON). Segundo o vice-prefeito Dalton Di Franco, “Rose Silva chega para reforçar os quadros do PDT como liderança forte para somar ao trabalho já desenvolvido pelo senador Acir Gurgacz, presidente da legenda no Estado”. Rose Silva afirmou que ao ingressar no PDT está disposta a continuar trabalhando em prol dos direitos da criança e do adolescente, dos conselheiros e da própria sociedade. Ela é a representante do Estado no Fórum Colegiado Nacional de Conselheiros Tutelares (FCNCT).

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Conselho Antidrogas é reativado pelo programa de combate ao crack em Porto Velho


A Prefeitura de Porto Velho deu mais um importante passo para concluir a implantação do programa Crack, É Possível Vencer. O Comitê Gestor Municipal de Enfrentamento às Drogas efetivou a reorganização do Conselho Municipal Antidrogas (Comad) que estava desativado. A reunião aconteceu esta semana no Gabinete do Vice-Prefeito, Dalton Di Franco. O Município consolidou sua adesão no mês passado, em reunião realizada em Brasília com membros do Sistema de Informação e Monitoramento da Presidência da República. Resultantes disso, recursos começam a ser enviados para que a Prefeitura de Porto Velho dê passos efetivos na aplicação aos três eixos fundamentais do Programa, que são as áreas de saúde, assistência social e segurança. “Estamos adquirindo duas unidades móveis com vinte câmeras em cada uma, duas motos e um carro para realizar o monitoramento das áreas tidas como concentradoras de usuários do crack e outras drogas. As ações serão interligadas, de forma que o policial deve fazer a abordagem e servidores das secretarias municipais de Assistência Social (Semas) e da Saúde (Semusa), devidamente treinados, devem atuar encaminhando os casos em conformidade às necessidades específicas”, explicou o vice-prefeito Dalton Di Franco. O Programa segundo Liliana Cláudia, coordenadora do departamento de Captação de Recursos do Programa, vai funcionar com pólos que atuarão junto aos Centros de Atenção Psicossocial (Caps I, Caps II e Caps 24 horas), da Semusa, e dos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas e Creas POP), da Semas. “Serão construídas áreas anexas nesses locais para funcionamento exclusivo do Programa, tal como já está ocorrendo no Caps que está sendo construído na Avenida Guaporé. O Programa vai se integralizar com esses espaços, porque não queremos isolar o dependente da sociedade. Além disso, haverá equipes de abordagem de rua, para saber se os casos são de internação ou apenas de monitoramento”, esclareceu a coordenadora. Os recursos humanos utilizados são da Prefeitura e do Governo do Estado (PMs), pois o Programa não prevê remuneração de pessoal. Alguns programas da Semas e da Semusa permitem já a contratação e capacitação de profissionais, de forma que os recursos destinados são para atuação direta de suportes aos favorecidos, como alimentação, medicamentos, internação e outros. Segundo Eduardo Rauen, secretário adjunto da Semdestur, que faz parte do Comitê, o Programa está adentrando a fase de execução, tendo sido ultrapassadas as etapas de elaboração de planos e de análises. “Tudo está ainda muito recente, nossa documentação está quase toda organizada e estamos implementando acordos com outros setores do Governo Municipal e estamos também programando as campanhas de prevenções. O Comitê Gestor deve finalizar a elaboração do plano de trabalho até dezembro”, disse ele. Segundo o Ministério da Justiça na estrutura do Programa devem existir os comitês e conselhos nas três esferas governamentais. Os conselhos são formados por órgãos institucionais, comunidades terapêuticas e outras entidades que atuem com repressão, prevenção ou tratamentos aos problemas derivados do crack e outras drogas. Os comitês são formados pelas estruturas governamentais e devem atuar executivamente. Em Porto Velho, o Comad, formado por entidades terapêuticas e por órgãos da Prefeitura, estava desativado porque venceu o tempo da diretoria e não houve novas votações. A Prefeitura está empenhada em desencadear os serviços de prevenção e assistência, porque a repressão pertence ao trabalho do estado, por meio da policia. “Estaremos recebendo nos próximos dias a assistência necessária do Governo Federal para fazer essas intervenções em locais de concentração de usuários de drogas. Alguns locais da cidade, como na antiga Câmara Municipal e na Rua Paulo Leal, entre Brasília e Getúlio Vargas, vemos grande concentração de usuários e precisamos logo agir nesses pontos, como é também o caso da Praça Madeira-Mamoré. Vamos agir de forma assistencial, mas isso, conforme pensam algumas pessoas, não pode ser visto como uma maneira de se tornar conivente com o problema. Trata-se de um enfrentamento com a proposição de recuperação. Estaremos encaminhando alguns para internações, a outros daremos passagens para que possam retornar às suas cidades de origem, a outros estaremos colaborando com a aquisição de medicamentos, enfim, nosso trabalho não é o de reprimir, mas o de oferecer assistência”, informou Dalton Di Franco. Segundo o Vice-Prefeito, nos últimos seis meses, segundo levantamentos da Semas, mais de 160 pessoas dispensadas dos trabalhos das Usinas do Madeira passaram a engrossar o número de moradores de rua na cidade, a maior parte é oriunda do Nordeste, mas não possui recursos para retornar ao lar. A Semas constatou também que 98% deles tornaram-se usuários de drogas. Por: Renato Menghi | Fotos: Medeiros

sábado, 14 de setembro de 2013

Acir pede unidade e Dalton anuncia candidatura a presidência do PDT em Porto Velho

Durante reunião do senador Acir Gurgacz, na manhã desta sexta-feira, com membros do PDT de Porto Velho, o vice-prefeito da Capital, Dalton Di Franco, lançou oficialmente sua candidatura à presidência do partido, conclamando a todos os companheiros para a formação de chapa única, em prol da unidade do PDT, como quer o senador e presidente do diretório estadual. Segundo Acir Gurgacz, “o PDT é um partido que tem história em Rondônia. A cada eleição crescemos, mas na medida em que trabalhamos organizados e de forma estratégica, como na última, conseguimos resultados ainda mais significativos”, afirmou o senador, citando que o PDT elegeu vice-prefeito nas cidades mais importantes, além da eleição de um numero maior de vereadores. Para o senador Acir Gurgacz, o PDT precisa planejar estrategicamente as eleições de 2014, atuando de forma organizada e unida. “Não podemos perder tempo com fofocas, briguinhas sem fundamento. Divergências sempre teremos, mas precisamos respeitar o outro, fazendo a contestação no campo da razão. Precisamos aproveitar o que temos de bom para crescermos de forma gradativa”. O encontro com membros do diretório do PDT ocorreu na sede do partido, quando, além de Dalton e o senador Acir, estava presente o vice-governador Airton Gurgacz. Os pedetistas, ainda, assistiram a um vídeo com um balanço das ações desenvolvidas por Acir no Senado Federal. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Dalton falou que a partir de sua eleição como presidente municipal do PDT, uma das primeiras medidas será a elaboração de um planejamento estratégico de cada secretaria que o PDT ocupa para, com dados concretos, propor ao Prefeito Mauro Nazif o desencadeamento de medidas adequadas. “Precisamos estar com o resultado do exame em mãos para sabermos qual o remédio certo a ser prescrito pelo médico e prefeito”, acrescentou. A proposta de Dalton Di Franco ganhou apoio de inúmeros pedetistas. Até a eleição ele continuará se reunindo semanalmente com todos os movimentos sociais para buscar a unidade almejada pelo senador e presidente do partido no Estado. Dentro do programa de crescimento, Dalton Di Franco apresentou novos filiados ao PDT, cujas de filiação foram abonadas pelo senador. FONTE http://oprincipalonline.blogspot.com.br/2013/09/acir-pede-unidade-e-dalton-anuncia.html

VICE-PREFEITO DALTON DI FRANCO DISCUTE COMBATE E PREVENÇÃO ÀS DROGAS EM PORTO VELHO

O vice-prefeito Dalton Di Franco presidiu reunião do Comitê Gestor Municipal de Enfrentamento as drogas quando, discutiu com os membros o calendário de trabalho, a solução de inúmeros convênios com a União que se encontram pendentes, além de apresentar o cronograma de convênios a já aderidos pelo Município com o programa federal Crack, é possível vencer. Segundo Dalton Di Franco, o município de Porto Velho pretende desenvolver diversas ações visando o combate e a prevenção às drogas, conforme determinação do prefeito Mauro Nazif. “A cocaína e a maconha, drogas mais conhecidas e agora o crack estão causando um devastação na sociedade brasileira, já atingido até mesmo as zonas rurais de muitas cidades. Precisamos agir contra esse mal”, afirmou o vice-prefeito de Porto Velho. Recentemente, o vice-presidente do comitê, Eduardo Raeun, esteve em Brasília, DF, quando pactou diversos projetos, que serão liberados já nos próximos dias em forma de serviços, veículos e equipamentos. Há pretensão do Governo Federal investir recursos em Porto Velho na ordem de R$ 63 milhões pelos próximos quatro anos. O dinheiro será aplicado em diversas ações de políticas públicas integradas, em diversos setores como saúde, educação, assistência social e segurança pública. Conforme Dalton Di Franco, a assistência social desempenhará papel importante nesse projeto. Terá como foco preservar agravamentos nos casos de dependência, desenvolver a autonomia individual do usuário, buscar alternativas para novos projetos de vida e auxiliar as famílias envolvidas. Outro eixo do Plano será a prevenção por meio da capacitação de profissionais de diferentes áreas sobre a questão do crack e outras drogas. Educadores de escolas públicas, profissionais da área da saúde, assistência social e segurança pública, juízes, promotores e servidores do Poder Judiciário, conselheiros municipais e gestores de comunidades terapêuticas, entre outros, são o público alvo de cursos que preparam para a prevenção do uso de drogas, acompanhamento, tratamento e reinserção social de dependentes. Também serviços telefônicos gratuitos estarão à disposição 24 horas, além de um site na internet, para informações e orientações sobre o crack e outras drogas. Campanhas publicitárias de utilidade pública, ao longo do ano, serão vinculados pela mídia. Na área de segurança pública, Polícias Federal e estaduais trabalharão juntas em ações integradas de inteligência para identificar e prender traficantes. Haverá maior foco nas rotas e estados em que existir um número alto de apreensão de drogas, além de aumento no contingente da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal. Para garantir espaços urbanos seguros, o policiamento ostensivo contará com centrais de monitoramento por vídeo, conectadas a bases móveis e câmaras fixas espalhadas pelas cidades.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

PREFEITURA INAUGURA SERVIÇO DE ENDOSCOPIA


O vice-prefeito Dalton Di Franco, acompanhado do secretário de Saúde Macário Barros, da vereadora Ana Maria Negreiros e de conselheiros da Saúde, inaugurou o serviço de endoscopia do Centro de Especialidades Médicas (CEM). O serviço receberá a demanda do município atendida nas unidades básicas de saúde. Segundo Dalton Di Franco, o Prefeito Mauro Nazif conseguiu funcionário os serviços com recursos de compensação das usinas. “Hoje, uma pessoa para ser atendida no Hospital de Base, leva pelo menos seis meses. Com o nosso serviço em funcionamento, o paciente ao ser atendido no posto de saúde já sairá com a data e horário já agendados, devendo comparecer ao CEM, sem necessidade de enfrentar fila, onde se submeterá ao exame”, acrescentou o vice-prefeito. O Centro de Especialidades Médicas, CEM, está localizado em prédio próprio, na avenida Rio Madeira com a Avenida 7 de Setembro, na zona Leste. No local, são realizados vários tipos de exames médicos, alguns até complexos. O atendimento é pré-agendado nas unidades básicas de saúde. O paciente deixa as unidades já sabendo o dia e o horário em que será atendido. UPA DA ZONA SUL Na última quarta-feira, o vice-prefeito Dalton Di Franco participou de evento na UPA da zona sul, em comemoração a um ano de funcionamento daq uela unidade de saúde. Dalton cumprimentou a todos os servidores que atuam naquela unidade, explicando que a participação de cada um evitou muitos dissabores e com certeza muitas vidas foram salvas ao serem atendidos naquela UPA. Em nome do Prefeito Mauro, Dalton Di Franco parabenizou a todos. Assessoria de Imprensa

Vice-prefeito de Porto Velho prestigia desfile cívico


O vice-prefeito de Porto Velho, Dalton Di Franco, representando o prefeito Mauro Nazif, prestigiou no sábado, 07/09, o desfile cívico promovido pelo governo do Estado, por meio da Casa Militar, em parceria com as Forças Armadas, Corpo de Bombeiros e as Polícias Rodoviária Federal e Militar. O evento aconteceu na Avenida Migrantes, entre a Jorge Teixeira e a Rio Madeira e contou com a presença de milhares de pessoas. O tradicional desfile teve a participação de 1.300 militares do Exército, 12 da Marinha, 330 da Aeronáutica, 100 da Polícia Militar, 150 do Corpo de Bombeiros, além de quatro viaturas da Polícia Rodoviária Federal. O vice-prefeito parabenizou a organização do evento e destacou a importância de se mantê-lo. “É uma forma da história daqueles que lutaram para hoje termos um país livre e democrático continuar viva, por isso precisamos valorizar este momento e mostrarmos para nossas crianças que esta solenidade cívico-militar é muito mais do que um simples evento, é também uma grande homenagem aos nossos eternos guerreiros”, disse ele. O secretário municipal de Educação Marcos Rocha, que é militar e já foi diretor da Escola Militar Tiradentes também parabenizou a organização do evento e observou que a participação dos alunos é fundamental para o brilho do desfile. “É importante cultivar no povo o sentimento de patriotismo, de respeito aos valores éticos e morais e de amor à terra em que vivemos”, disse. Representando o governador Confúcio Moura, o vice-governador, Airton Gurgacz, acompanhado de sua esposa Solange Gurgacz destacou sobre a parceria com as forças armadas para a realização do desfile. “Estes parceiros são fundamentais para mantermos esta tradição. E quero aqui agradecer também à toda a população que não mede esforços para estar aqui, trazer a família e ainda àqueles que incentivam seus filhos a desfilarem”, comentou. Após a passagem das tropas das Forças Armadas, o desfile teve continuidade com a Loja Maçônica Glomaron, as Filhas de Jó e a Ordem Demolay. Dois aviões Super Tucanos e dois helicópteros AH2 da Força Aérea Brasileira, sobrevoaram o local impressionando os presentes. Em seguida desfilaram os alunos do Colégio Tiradentes da Polícia Militar e das escolas estaduais Flora Calheiros, Juscelino Kubitschek, Daniel Neri, Maria Carmosina, Castelo Branco, Carmela Dutra, Tancredo Neves, Major Guapindaia e Anísio Teixeira. Durante todo o evento as bandas militares do exército e da Polícia Militar animaram os presentes. Estiveram presentes o general de brigada, Ubiratan Poty, o coronel PM Paulo Cesar de Figueiredo, comandante geral da Polícia Militar do estado de Rondônia, o secretário-chefe da Casa Civil, Marco Antônio Faria, o comandante do Corpo de Bombeiros Militar do estado de Rondônia, coronel Lioberto Caetano, o desembargador presidente do Tribunal de Justiça, Roosevelt Costa; o capitão de corveta Luiz Reginaldo de Macedo, Delegado Fluvial de Porto Velho; o coronel Augusto Cezar, comandante da Base Aérea de Porto Velho e demais representantes da esfera municipal. ________________________________________ Por Meiry Santos | Fotos: Júlio Muniz

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Prefeitura de Porto Velho recebe veículos para incremento do Plano de Controle da Malária

A Prefeitura Municipal de Porto Velho recebeu da empresa Santo Antônio Energia (SAE) 45 veículos doados como ação de compensação social para serem utilizados em serviços de prevenção e combate à endemias, especialmente a malária. A documentação de doação e recebimento dos bens foi assinada pelo vice-Prefeito, Dalton Di Franco, representando o prefeito Mauro Nazif, pelo secretário municipal de Saúde (Semusa), Macário Barros, e pelo coordenador do departamento de Trabalhos de Saúde Pública da Santo Antônio Energia, Kaio Ribeiro. Da solenidade, realizada na manhã de quinta-feira (05), em frente ao Palácio Tancredo Neves, sede do Executivo Municipal, participaram secretários e técnicos das secretarias municipais de Transportes e Trânsito (Semtram), Assistência Social (Semas), Fazenda (Semfaz) e Administração (Semad). A Câmara Municipal esteve representada por Ana Maria Negreiros, que discursou em nome da Presidência, por Edemilson Lemos, representante do Executivo, e por outros vereadores presentes. Segundo Dalton Di Franco, um posicionamento evidente da atual administração municipal é a produção de serviços por meio de redes de parcerias. “É impossível para a Prefeitura realizar os serviços necessários à cidade sem contar com a ajuda de empresas parceiras”. Nesse sentido, o prefeito Mauro Nazif investe muito de seu talento como político e a cidade tem se beneficiado desses acordos. Agora, estamos recebendo da Santo Antônio Energia, como parte da compensação social, mais esses veículos que ajudarão o município a dar mais um importante passo na luta por melhorar a qualidade de vida dos cidadãos”, destacou o vice-prefeito. Segundo informou Kaio Ribeiro, desde 2009, a Santo Antônio Energia tem investido no Plano de Controle da Malária, que é um critério condicionante da licença de operação da Usina em Porto Velho. O investimento total deve chegar a R$ 13,9 milhões. A entrega dos 45 veículos, 30 motocicletas e 15 carros, para serem utilizados em borrifação residual, fumacê, busca ativa e outros serviços de combate à malária, totalizaram, dessa vez, o valor de R$ 1,5 milhões. O coordenador também esclareceu que em anos anteriores 21 caminhonetes, 30 motos, a contratação de 164 agentes de endemias e a doação de diversos equipamentos totalizaram já um investimento no programa da ordem de R$ 12 milhões. O Secretário da Semusa, Macário Barros, salientou que o combate a endemias no município de Porto Velho tem logrado grandes resultados. Nos distritos estão diminuindo consideravelmente a infestação por malária e dengue. Nas áreas relativas às localidades de Teotônio, Joana D'Arc e Rio Pardo, observa-se constantes decréscimos no índice de casos registrados, sendo Jacy Paraná o local em que essa diminuição foi mais percebida, chegando à casa dos 70%. “Precisamos, porém, continuar trabalhando intensamente no combate a essas enfermidades. Na área urbana de Porto Velho, temos visto que óbitos causados por endemias dessa e de naturezas parecidas vão se tornando cada vez mais raros.” “Em nosso trabalho precisamos contar com a parceria de entidades como a Santo Antônio Energia, que tem sido fundamental para que o Plano de Controle à Malária seja um sucesso em toda a extensão do nosso município”, enfatizou o secretário. ________________________________________ Por Renato Menghi Fotos: Medeiros

Prefeito Mauro e vice Dalton têm reunião com vereadores definindo agenda de trabalho

O prefeito do município de Porto Velho, Mauro Nazif, em companhia do Vice-Prefeito, Dalton Di Franco, reuniu-se com os vereadores municipais em seu gabinete, no Palácio Tancredo Neves, sede do Executivo Municipal esta semana. Denominadas de reuniões de trabalho, esse tipo de encontro tem como finalidades o debate e a reflexão acerca de demandas surgidas com os trabalhos desenvolvidos pelos dois poderes. A pauta possibilitou a abordagem de assuntos diferenciados, sobre os quais o prefeito e os vereadores puderam discorrer sobre seus pontos de vista. “Muitas vezes, ouve-se dizer que não existe diálogo entre Prefeitura e Legislativo, no entanto, as reuniões de trabalho que temos realizado, pelo menos duas vezes a cada mês, demonstra o inverso disso”. Nossas reuniões têm sido produtivas, mas não exatamente num sentido muito pragmático, ou seja, essas reuniões não são realizadas para a formulação de ações conjuntas, pois, democraticamente, isso não seria muito construtivo. “As reuniões são importantes para que as partes conheçam melhor os modos de pensar e de se posicionar de cada um em relação aos problemas que surgem no município”, explicou Mauro Nazif. Dentre os principais assuntos debatidos, fizeram parte da pauta certas reivindicações de categorias, sobressaindo-se determinadas solicitações de moto taxistas; questões relativas às dificuldades enfrentadas com a Lei 190, que regula eventos ligados às áreas de cultura e lazer no município; o avanço de projetos de construções na margem esquerda do rio Madeira; a falta de medicamentos em Unidades Básicas de Saúde (Upas); a audiência sobre a licitação de horas máquinas por parte das secretarias municipais de Agricultura e Abastecimento (Semagric), Obras (Semob) e Serviços Básicos (Semusb) e a proposição do prefeito de um agendamento ordinário para as reuniões de trabalho entre executivo e legislativo. “Entramos em acordo a respeito de um calendário fixo para nossas reuniões de trabalho. Vamos realizá-las quinzenalmente. O diálogo com o Legislativo nos ajuda a reavaliar certos assuntos, mas também é crucial para que os vereadores compreendam um pouco mais sobre o tipo de gestão que queremos cultivar”, destacou o prefeito. ________________________________________ Por Renato Menghi | Fotos: Medeiros

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Comunidade Santa Marcelina terá oficina ortopédica em Porto Velho


O vice-prefeito Dalton Di Franco representou o Prefeito Mauro Nazif na tarde de quarta-feira no lançamento da pedra fundamental da nova oficina ortopédica do Hospital Santa Marcelina, em solenidade que contou com a presença de outras autoridades e do arcebispo de Porto Velho, dom Esmeraldo. Segundo a irmã Lina, que dirige a comunidade Santa Marcelina, a nova oficina em funcionamento produzirá peças ortopédicas que atenderão a muitas pessoas que se encontram em tratamento, tanto no próprio hospital como na rede pública. O hospital já tem convênio com o Estado. Com o lançamento da pedra fundamental, as irmãs marcelinas esperam desde já receber doações de empresários, pessoas do povo e do próprio poder público. A diretora lembrou ainda os anos de serviços prestados, citando colaboradores, voluntários e os próprios pacientes que carecem de misericórdia. Durante a solenidade, um grupo de usuários fez uma apresentação falando da luta pela cura e o carinho recebido das irmãs marcelinas. O vice-prefeito Dalton Di Franco saudou a todos, lembrando que o prefeito Mauro Nazif, desde a época de deputado, sempre apoiou as iniciativas do hospital e da comunidade, destinando emendas parlamentares. Dalton falou ainda que o Município de Porto Velho reconhece o trabalho e a Prefeitura continuará parceiro das ações através de setores específicos, como é o caso da área da Saúde e citou a presença do secretário-adjunto da Semusa, Francisco Marto. O arcebispo Dom Esmeraldo deu a benção à pedra fundamental, onde as irmãs marcelinas despositaram uma cápsula de alumínio contendo informações sobre o trabalho. Uma delas falou que alguém, em algum dia lerá as informações. “Talvez nenhum de nós não estará mais aqui. Mas com certeza se saberá que nesta data esse evento aconteceu”.

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Prefeitura firma convênio com o Ifro para ministrar cursos para servidores municipais

A Prefeitura Municipal de Porto Velho firmou, no Gabinete do Prefeito, convênio com o Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia de Rondônia – Ifro para oferecer cursos de formação técnica de nível médio à distância para os servidores municipais, a princípio, no âmbito da secretaria municipal de Educação – Semed. Estiveram presente na assinatura do convênio o prefeito, Dr. Mauro Nazif, o vice-prefeito, Dalton Di Franco, o reitor do Ifro, professor Écio Naves Duarte, o secretário municipal de Educação, Marcos José Rocha dos Santos e o diretor geral do Campus de Porto Velho – Zona Norte\IFRO, professor Miguel Zambelan. Serão oferecidas 200 vagas, para 4 cursos: Secretaria Escolar, Multimeios Didáticos, Alimentação Escolar e Manutenção da Infraestrutura Escolar. As inscrições serão feitas na sede da secretaria municipal de Porto Velho a partir de segunda-feira (2). Segundo o secretário Marcos Rocha “os alunos são preferencialmente servidores de secretaria de Educação ou de outras secretarias que tenham servidores desenvolvendo atividades afins com os cursos oferecidos. Caso tenham vagas remanescentes, poderão, por meio do Ifro, serem oferecidas para a comunidade”. As aulas dos cursos terão início no final do mês de outubro e ocorrerão no Centro de Formação localizado no Teatro Banzeiros. “A qualificação e a capacitação dos servidores públicos municipais é uma proposta do nosso prefeito, Dr. Mauro Nazif, e ele está permanentemente nos cobrando projetos nesse sentido. Esse é o primeiro passo de uma longa caminhada, tenho certeza”, disse Marcos Rocha. O reitor do Ifro, professor Écio Naves Duarte, agradeceu ao prefeito pelo empenho demonstrado para firmar o convênio e também pela emenda parlamentar na ordem de 500 mil reais que, o Dr. Mauro Nazif, quando deputado federal, destinou ao Ifro para aquisição de equipamentos, salientando que “nosso relacionamento com a Prefeitura, na gestão Mauro Nazif, é a melhor possível”. “Tenho uma alegria maior ao firmar esse convênio porque quando era deputado federal empreendi uma luta para que o Ifro ficasse em Porto Velho. Luta em que fomos vitoriosos. E hoje temos o instituto em Porto Velho oferecendo educação aos nossos jovens. E dizer, que a Prefeitura estende a mão ao Ifro para futuras parcerias de ajuda mútua. Nosso propósito é somar para o benefício da população de Porto Velho”, disse o prefeito. ________________________________________ Por Adaídes Batista | Fotos: Medeiros